Curiosidades

Titanomaquia – História da guerra entre deuses e titãs

A Titanomaquia foi, segundo a mitologia grega, uma grande guerra entre deuses e titãs que aconteceu por causa de Zeus e Cronos.

Segundo a mitologia grega, Titanomaquia foi a guerra de titãs, que aconteceu entre os deuses e os titãs. O mais incrível é que Zeus e os outros deuses lutavam contra Cronos, seu pai, e outros titãs.

Toda a batalha ocorreu pelo poder de governar o mundo. Contudo, a história começa bem antes, como casamento entre Urano, personificação do Céu e Gaia, personificação da Terra.

O casal teve, ao total, 12 filhos. 6 titãs e 6 titânides – mulheres titãs. E entre eles estava Cronos. Enfim, Urano vivia um medo constante de perder seu trono para seus filhos.

Portanto, sempre que uma criança nascia ele os fazia voltar para o útero da mãe novamente. Entretanto, Gaia se cansou do posicionamento do marido e instigou os filhos para se revoltarem.

Continua após a publicidade

Contudo, apenas Cronos teve coragem de se rebelar contra o pai. Posteriormente ele conseguiu sair do útero da mãe, no momento em que os pais estavam juntos, e com uma foice cortou fora os órgãos genitais de Urano.

Continua após a publicidade

O princípio da história

Titanomaquia - O que foi a guerra que aconteceu entre deuses e titãs
Urano – Wattpad

Segundo conta a história da Titanomaquia, o sangue que saiu de Urano por causa do corte foi responsável por criar mares, florestas, montanhas e até mesmo as Erínias – personificação da vingança – aqui na Terra. Além disso, Afrodite também foi gerada do seu esperma.

Por fim, Cronos consegue libertar todos os seus irmãos que estavam presos no útero da mãe e acaba se casa com Réia, uma Titânide que era sua irmã. Mas, um detalhe importante é necessário nessa história. Urano havia profetizado anteriormente que, o filho que o destronasse sofreria o mesmo destino.

Continua após a publicidade

Ou seja, Cronos também seria destronado por um de seus filhos, repetindo a história do pai. Obviamente – e de uma forma um tanto quanto hipócrita – a previsão do futuro fez com que Cronos também temesse seus filhos. Portanto ele devorava todos assim que nascessem.

O começo da Titanomaquia

Titanomaquia - O que foi a guerra que aconteceu entre deuses e titãs
Cronos comendo seu filho – Encenasaudemental

Então Réia, assim como Gaia, passou a entregar todos os filhos nascidos para Cronos comer. Apenas Zeus escapou. O último filho foi trocado pela mãe por uma pedra. Cronos engoliu sem perceber. Aliás, outra versão conta que Réia também conseguiu salvar Hera e Poseidon.

Enfim, Zeus passou a ser criado por ninfas para que sobrevivesse sem que o pai soubesse de sua existência. Posteriormente, mais velho, Zeus se disfarça e consegue fazer com que o pai beba uma poção e vomite todos os filhos que foram engolidos antes, porém adultos.

É neste momento que a Titanomaquia se inicia. Com o apoio de todos os irmãos, agora livres, Zeus declara guerra contra Cronos. Uma batalha que chegou a durar longos 10 anos. Na guerra entre deuses e titãs, os primeiros se localizavam no monte Olimpo, enquanto os outros estavam no monte Ótris.

Continua após a publicidade

A guerra

Zeus – Mitoselendas

Zeus começa a batalha de deuses e titãs por dois grandes motivos: o primeiro porque queria o poder de reinar perante os homens – coisa que Cronos não estava disposto a aceitar. E o segundo por causa de toda ação de seu pai contra ele e os irmãos.

Com a ajuda de ciclopes, Zeus conseguiu várias armas. A Titanomaquia é descrita como uma luta que fez o céu e a terra se unir em algo único. Como se fosse uma grande mistura com a terra sendo esmagada e o céu descendo em direção a ela.

A luta continua até que Zeus solta um raio do alto do Olimpo que faz com que toda a terra trema. Por fim era possível ver gigantes hecatônquiros lutando pelos deuses e arremessando montanhas contra os titãs. Enquanto isso estes resistiam com todas as suas forças contra a fúria dos deuses.

O fim da Titanomaquia

Era visível que até o momento, os deuses estavam conseguindo a vitória. Todavia, os titãs ainda tinham uma última carta na manga. Diretamente do tártaro, saindo das profudezas da terra, surgiu o Tifão. Ele era uma criatura colossal que lutou contra Zeus usando seus fortes ventos.

Continua após a publicidade
Tifão – Mitologiaefantasia

O Tifão escalou todo o Olimpo, fazendo com que quase todos os deuses fugissem dele. Apenas Atena resolveu ficar, lutando contra ele enquanto os outros deuses, incluindo Zeus, fugiam para o Egito. Por fim a criatura colossal consegue alcançá-lo e para debilitá-lo arranca as pernas e os braços de Zeus.

Contudo, os deuses se reúnem a Zeus e conseguem fazer com que ele recupere seus músculos. A batalha continua até que, novamente, todos os deuses concentram seus poderes em um único lugar e atingem um grande raio no Tifão. Isso faz com que ele e todos os outros titãs voltem para o tártaro.

A guerra entre deuses e titãs se encerra e Zeus é, finalmente, nomeado o rei do universo. Além disso, todos os deuses entram em acordo e banem os titãs de forma definitiva para o tártaro.

Então, gostou da história da Titanomaquia? Em seguida leia: Titãs – Quem eram, nomes e suas histórias na mitologia grega

Continua após a publicidade

Imagens: Bipedepop, Wattpad, Encenasaudemental, Mitoselendas e Mitologiaefantasia

Fontes: Mitologiagrega, Aminoapps e Wattpad

Próxima página »

Escolhidas para você