Curiosidades

Troodonte: o dinossauro mais inteligente que já existiu

O troodonte é considerado o dinossauro mais inteligente e ainda protagoniza uma curiosa teoria evolutiva que apresenta sua forma humanoide.

Embora a espécie humana nem tenha chegado a coexistir com os dinossauros, esses seres não deixam de ser fascinantes. Os répteis pré-históricos colecionam admiradores ao redor do mundo e integram até mesmo a cultura pop. Contudo, para muito além de tiranossauros, velociraptors e pterodáctilos, precisamos falar do troodonte.

Também conhecido como “dinossauro cabeça”, o troodonte é um dinossauro que, apesar de pequeno, chama bastante atenção pelo seu intelecto. Aliás, alguns paleontólogos chegam a considerá-lo o mais inteligente dentre todos os dinossauros. Visto que esse título não é para qualquer um, vejamos bem do que trata-se esse animal.

Antes de tudo, é importante saber que, muito além do grande cérebro, o troodonte contava com inúmeras características que o tornam bastante peculiar. Além disso, desde a descoberta da primeira evidência fóssil dessa espécie, muitos estudos vem sendo desenvolvidos.

A história do troodonte

Apesar de ter vivido durante o período Cretáceo, cerca de 90 milhões de anos atrás, o troodonte só veio a ser descoberto muito e muitos anos mais tarde. Só para ilustrar, em 1855, Ferdinand V. Hayden encontrou os primeiro fósseis do dinossauro. Mais de um século depois, em 1983, Jack Horner e David Varrichio escavaram um esqueleto parcial de troodonte sob uma ninhada de pelo menos cinco ovos.

Dessa forma, esse reptil norte-americano recebeu o nome de troodonte por causa de uma derivação grega que significa “dentes mordazes”. Embora integrasse as espécies de terópodes, como o velociraptor, esse dinossauro tinha mais dentes que os demais e os mesmos eram triangulares e com extremidades serrilhadas, tão afiados quanto facas.

Continua após a publicidade

Ademais, quando os cientistas começaram a investigar os fragmentos de ossos encontrados, fizeram uma importante constatação: o troodonte possuía um cérebro maior que grande parte dos outros dinossauros. Como resultado disso, ele passou a ser reconhecido como o mais inteligente de todos.

Características desse dinossauro

Troodonte: o dinossauro mais inteligente que já existiu

O dinossauro que habitou a região hoje conhecida como América do Norte contava com características bem distintivas. Por exemplo, ao contrário de outros animais, o troodonte possuía grandes olhos frontais. Essa forma de adaptação permitiu que o réptil tivesse uma visão binocular, algo parecido com os humanos modernos.

Enquanto seu comprimento podia chegar aos 2,4 metros, sua altura limitava-se aos 2m, no máximo. Visto que seus característicos 50 kilos eram distribuídos entre essa estatura, o corpo do troodonte era bem esguio. Da mesma forma que seu primo popular raptor, nosso Jimmy Neutron reptiliano tinha três dedos com garras em forma de foice.

Visto que seu corpo era esbelto, a visão aguçada e o cérebro notável, o troodonte era muito bem adaptado para a caça. Porém, apesar disso, ele era um réptil onívoro. Segundo estudos, ele alimentava-se de pequenos lagartos, mamíferos e invertebrados, além de comer vegetais.

A teoria evolutiva do troodonte

Continua após a publicidade

Quando dizemos que o tamanho do cérebro do troodonte chama a atenção dos cientistas, não é exagero. Uma grande prova disso é que o paleontólogo Dale Russell, cirou uma teoria em torno de uma possível evolução do dinossauro. Segundo a mesma, caso o troodonte não tivesse sido extinto, as coisas seriam bem diferentes.

De acordo com Russell, caso tivesse a oportunidade, o troodonte poderia evoluir para uma forma humanoide. Sua grande inteligência seria suficiente para proporcionar uma boa adaptação e, assim como os primatas que evoluíram em Homo sapiens, o espaço seria disputado por essas duas espécies inteligentes.

Contudo, essa teoria é alvo de críticas na comunidade científica. Muitos paleontólogos inviabilizam a teoria de Russell. Apesar disso, há uma escultura Dinossauroide no Museu Canadense de Natureza, em Ottawa, e a mesma chama bastante atenção do público. Possível ou não, essa teoria certamente renderia um ótimo filme.

E então, o que achou dessa matéria? Se gostou, confira também: Espinossauro – O maior dinossauro carnívoro do Cretácio.

Próxima página »

Escolhidas para você