Curiosidades

Vidro embaçado é um problema para o motorista: saiba como evitá-lo

O vidro embaçado é um problema que parece pequeno, mas pode colocar em risco a segurança de motoristas e pedestres. Entenda como evitá-lo.

Quem já teve que dirigir com o vidro do carro embaçado, sabe que não é algo nada confortável. Na verdade, muito além disso, também não é nada seguro. O vidro embaçado é um problema que assola muitos motoristas em dias chuvosos ou quando a temperatura está mais fria.

Um para-brisa embaçado é um grande risco para quem está no volante e para quem está nas ruas. Ao passo que uma boa visibilidade é crucial para uma direção segura, a primeira reação de muitas pessoas é tentar amenizar a falta de visão. Então, é comum que o motorista tente passar a mão no vidro. Contudo, apesar de desembaçar, essa ação não é recomendada, pois deixa o vidro engordurado.

Sendo assim, o que fazer quando o vidro embaçado for um problema? Pois bem, existem alternativas bem mais eficientes para isso. Confira logo abaixo.

Como lidar com o vidro embaçado?

Continua após a publicidade

Primeiramente, para lidar com qualquer problema ou infortunio, antes é preciso compreender sua origem. Sendo assim, no caso do vidro embaçado, o fator responsável é a alteração de temperatura. Sempre que a temperatura dentro do veículo é mais alta que a temperatura do lado de fora, o vidro embaça.

Isso ocorre porque o ar de dentro do carro é carregado de vapor d’água proveniente do próprio ambiente em conjunto com nossa respiração. Em seguida, ao entrar em contato com o vidro frio, o vapor tende a mudar de estado, retornando à forma líquida e ocasionando o embaço. Valeu a pena prestar atenção na aula de física, né?

Enfim, após entender a origem desse problema, podemos buscar alternativas para solucioná-lo. E, por mais incrível que pareça, o vidro embaçado não é algo tão complicado de se resolver. Pelo menos não depois que você pega um pouco o jeito.

Passo a passo para desembaçar o vidro

Vidro embaçado é um problema para o motorista, saiba como evitá-lo

Continua após a publicidade

Pois bem, visto que o problema do vidro embaçado é resultado de um conflito de temperaturas, a forma mais descomplicada para desembaçá-lo é igualar as temperaturas externa e interna. E como fazemos isso? Acertou quem pensou em ligar o ar condicionado.

A dinâmica do ar condicionado é a seguinte: o aparelho retira o ar quente e úmido do veículo, joga no ambiente e devolve um ar mais frescal e sem umidade. Então, caso esteja com pressa para acabar com o vidro embaçado, é só direcionar o ar para o vidro e, dessa forma, o processo será acelerado.

Mas e se eu não tiver ar condicionado?

Essa é uma excelente pergunta. Mas, adiantamos que não é um problema. Se você não tem ar condicionado, basta ligar o ar quente em direção ao para-brisa. Dessa forma, o vapor irá evaporar e o vidro embaçado será desembaçado. E, calma, isso não significa que você precisa morrer de calor dentro do carro.

Continua após a publicidade

Você pode até ter pensado em intercalar os ar quente com jatos de ar frio, mas isso não resolveria o problema da temperatura do ambiente e, consequentemente, do vidro embaçado. Então, uma alternativa é encostar o carro em algum lugar, abrir as janelas e esperar o vidro desembaçar sozinho.

No fim das contas, é melhor enrolar um pouco do que correr algum risco, não é mesmo?

Além disso, existe outra opção para lidar com o vidro embaçado

Vidro embaçado é um problema para o motorista, saiba como evitá-lo

Outra opção que pode ser ainda mais satisfatória que as alternativas acima é encontrada em postos de combustível e lojas de autopeças, um pano específico para desembaçar vidros. Em suma, basta umedecê-lo, passar pelo vidro e pronto. Além disso, esse paninho ainda evita o embaçamento do vidro por horas. Incrível, né?

Continua após a publicidade

Por fim, para quem já prefere remediar o problema de vez, existe a opção de uma película antiembaçante. Dessa forma, não há com o que se preocupar e seu campo de visão ficará mais nítido do que nunca. Depois disso, é só pegar a estrada, mas nunca deixando a atenção e o cuidado de lado.

E então, o que achou dessa matéria? Se gostou, confira também: Por que um copo de água gelada transpira? Ciência explica o fenômeno.

Próxima página »

Escolhidas para você