Você já teve tremores nos olhos? Descubra o que significam

Calma que não tem nada  a ver com a morte… pelo menos não na maioria dos casos. De acordo com estudos recentes, a maioria daqueles tremores nos olhos, completamente involuntários, que todo mundo já teve pode ser apenas um sinal de algum tipo de estresse do corpo.

E, embora alguns raros casos demorem semanas para serem “aquietados”, na maioria dos casos, uma esfregadinha já resolve os tais tremores nos olhos, não é mesmo? Ou melhor, o próprio olho para a tremedeira sozinho depois de alguns segundos.

De acordo com pesquisadores da Universidade de York, no Canadá, uma das causas mais comuns que despertam esses tremores nos olhos é o consumo excessivo de cafeína. Ainda não se sabe, exatamente, o que influencia nessa condição, mas é fato que a cafeína contém estimulantes capazes de potencializar a reatividade entre os músculos e nervos do corpo, o que pode ocasionar esses pequenos espasmos.

Outros motivos para os olhos tremerem

Mas, mesmo sendo este um dos motivos “favoritos” eleitos pelos pesquisadores do assunto, há ainda outras coisas que podem funcionar como alavancas para os tremores nos olhos. A privação de sono, por exemplo, e situações estressantes também estão relacionados a esta reação.

1

No caso do estresse, aliás, é comum que ocorra uma espécie de exaltação muscular devido à maior produção de adrenalina pelo organismo. O resultado? Os pequenos tremores nos olhos podem acontecer.

4

E, embora os motivos ainda não estejam completamente claros para os pesquisadores, a privação do sono também pode desencadear esse tipo de reação nas pálpebras. O mais interessante de tudo é que esse fator também pode estar por trás de outros tipos de tremores involuntários no corpo, provavelmente por causa dos baixos níveis de potássio.

Quando os tremores nos olhos são preocupantes

Mas, mesmo soando algo completamente banal, os tremores nos olhos pode ser um sinal de que você está muito acelerado. Outras vezes, no entanto, podem significar coisas mais sérias, especialmente se os espasmos se espalharem por outras partes do corpo, como rosto e pescoço.

3

Nesses casos, de acordo com especialistas, é possível que a pessoa esteja sofrendo de blefaroespasmos, uma condição que faz as pálpebras se fecharem ou ficarem piscando incessantemente. Em situações assim, um médico precisa ser consultado, até porque, dependendo do estado da pessoa, tratamentos com Botox se tornem necessários.

E, falando em olhos, você deveria ler também: Posição dos olhos pode prever sua morte, segundo japoneses.

Fontes: Time, Uol, Mega Curioso