Curiosidades

15 xingamentos antigos que são verdadeiras ofensas do passado

Ao longo do tempo, xingamentos antigos tiveram seus significados transformados ou até mesmo esquecidos pela evolução da língua.

Por P.H Mota

O palavrão faz parte da riqueza do vocabulário de qualquer idioma, e com o português as coisas não seriam diferentes. No entanto, eles passam por transformações de uso, intenção e sentido com o passar do tempo, o que faz com que alguns xingamentos antigos acabem caindo no esquecimento.

Isso porque os palavrões e xingamentos fazem parte de todo um contexto social, sob influência da cultura do período. Isso não quer dizer que os antigos não usavam xingamentos considerados de baixo calão, como os que vemos atualmente.

Na verdade, o distanciamento da época pode fazer parecer que alguns desses palavrões não são tão graves assim. Para quem viveu no contexto, no entanto, a ofensa pode ser tão ou mais grave do que algumas mais comuns hoje em dia.

Xingamentos antigos que caíram em desuso

Alcoviteiro

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Deposit Photos

No dicionário, alcovitar é o mesmo que se meter na vida amorosa dos outros, seja na intenção de ajudar ou fazer intrigas. Sendo assim, o xingamento tem quase o mesmo sentido de fofoqueiro. Por outro lado, algumas definições também incluem o cargo de alcoviteiro como aquele que explora a prostituição, colocando o termo num nível que poderia ser considerado mais ofensivo.

Continua após a publicidade

Biltre

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Deposit Photos

Biltre é um dos xingamentos antigos com origem em línguas estrangeiras. Isso porque o termo vem do francês bélitre, que significa mendigo. Em português, o termo acabou sendo adaptado para o sentido de pessoa desprezível de forma geral, independente da condição social.

Beócio

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Deposit Photos

A princípio, beócio diz respeito à região da Beócia, situada na Grécia Central. No entanto a alusão a reputação dos beócios da Antiguidade fez com que o termo ganhasse uso na forma de xingamento. Nesse caso, o termo passa a significar um indivíduo bronco, ignorante e estúpido.

Calhorda

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
fine art america

Calhorda é um dos xingamentos antigos que tem apenas usos pejorativos. Diferente de outros da lista, o termo já surgiu com a intenção de ofender. A definição diz que um calhorda é uma pessoa desprezível ou de baixo nível moral. Além disso, o termo também pode ser aplicado a atos e ações.

Energúmeno

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Chris Hazell

Com origem no grego energoúmenos, o termo surgiu para indicar uma pessoa dominada pela ação de um demônio, como numa possessão, por exemplo. Com o tempo, ele ganhou novos sentidos figurados, como alguém dominado por outros sentimentos, como de paixão ou fanatismo por algo ou alguém. Já na forma de xingamento, o termo indica alguém considerado muito básico ou ignorante, ou seja, um boçal.

Continua após a publicidade

Janota

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Pixels

Um janota é uma pessoa que se veste com elegância. No entanto, se o termo ficasse restrito a esse sentido, certamente não teria lugar numa lista de xingamentos antigos. Apesar de ter origem no significado original, a forma ofensiva considera essa elegância uma forma de exagero, como quando alguém utiliza muitos enfeites ou adereços e acaba perdendo a mão no estilo.

Mentecapto

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
fine art america

O xingamento tem origem no latim mente captus, que significa privado de juízo. No português, o termo tem o mesmo sentido e indica alguém insensato, que não costuma fazer uso da razão nas decisões.

Mequetrefe

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
fine art america

Estudiosos da língua suspeitam que o xingamento tenha origem no espanhol, mas origem ainda é controversa. No sentido informal, o termo é sinônimo de outros xingamentos antigos, como biltre, por exemplo. Além disso, também pode indicar uma pessoa intrometida, sem importância ou sem caráter.

Mocorongo

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Masterfile

O xingamento é utilizado principalmente para definir pessoas consideradas ignorantes e sem elegância. Entretanto, o termo também carrega origens racistas e preconceituosas, por fazer alusão a grupos caipiras ou mulatos de pele mais escura, em tons pejorativos.

Continua após a publicidade

Paspalho

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Huff Post

De forma simples, o xingamento antigo é usado para se referir a pessoas consideradas inúteis. A origem do termo pode estar ligada ao termo espantalho, que, apesar de ter utilidade, representa uma pessoa molenga e sem vida.

Palerma

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Thin Rich Happy

De forma mais branca, palerma é um xingamento que indica uma pessoa mais molenga, sem muita iniciativa ou força de vontade. No entanto, para os mais agressivos, o termo também pode ganhar sentido de alguém sem inteligência, idiota e estúpido.

Patife

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
getty images

Entre os xingamentos antigos, patife é um dos que pode ser aplicado a alguns contextos diferentes. Isso porque o termo pode indicar tanto uma pessoa sem vergonha como uma pessoa desonesta. Nesse caso, os dois significados podem ser unidos para fazer referência, por exemplo, a malandros e golpistas. Porém, em algumas regiões do Brasil, o termo também define pessoas fracas, tímidas e covardes.

Pulha

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Masterfile

Pulha é mais um dos xingamentos antigos que representa o sinônimo de uma pessoa completamente desprezível.

Continua após a publicidade

Purgante

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Masterfile

Purgar significa eliminar as impurezas do intestino. Sendo assim, o purgante nada mais é do que um outro nome para o laxante, que tem a função de forçar a pessoa evacuar. Como xingamento, portanto, faz referência a uma pessoa tão irritante que provoca sensações semelhantes às de enjoo e desejo de evacuar com urgência.

Sacripanta

Xingamentos antigos: exemplos de ofensas do passado
Masterfile

Originalmente, Sacripante é um personagem do do poema épico Orlando Enamorado, de Matteo Maria Boiardo. Como xingamento, o termo é mais um que caracteriza pessoas desprezíveis, além de mau-caráter e fingido.

Próxima página »

Escolhidas para você