Curiosidades

Xixi em pé – A técnica faz bem ou afeta a saúde masculina?

Fazer xixi em pé é comum em várias culturas e países. Entretanto, essa prática pode trazer danos para quem já tem problema para urinar.

Faz parte do universo masculino fazer xixi em pé, enquanto as mulheres foram ensinadas a fazerem xixi sentadas. Contudo, essa prática é questionada em alguns lugares do mundo e por alguns grupos de pessoas. Em primeiro lugar, por questões de higiene e saúde. Em segundo lugar, por causa dos direitos iguais.

É muito prático para o homem urinar. Principalmente em locais públicos, porque o movimento é mais rápido e menos trabalhoso. Entretanto, alguns estudiosos e especialistas são contra a prática.

Segundo eles, a posição do corpo pode ter uma influência na quantidade de urina na hora de fazer xixi. Conhecido também como parâmetros urodinâmicos.

Fazer xixi em pé faz mal

Fazer xixi em pé faz bem? A técnica afeta a saúde masculina?
Fonte: Uol

O máximo de urina que a bexiga consegue armazenar é de 300 a 600 ml. Então, quando vamos fazer xixi a bexiga está com até dois terços do espaço ocupado. Para deixá-la totalmente, vazia o sistema de controle do indivíduo precisa estar intacto.

Continua após a publicidade

Assim, ele avisa corretamente quando você precisa ir no banheiro, além de conseguir controlar a vontade até chegar até ao banheiro. Enfim, ao estar em uma posição confortável, os músculos do assoalho pélvico e o esfíncter da bexiga relaxam e assim a pessoa faz xixi.

O problema é que ao fazer xixi em pé, alguns homens precisam forçar e isso acaba trazendo dificuldades na hora de urinar. E em alguns casos, esses problemas podem acabar se tornando permanentes. E tudo isso é causado devido os parâmetros urodinâmicos dito anteriormente.

Parâmetros urodinâmicos

Fonte: Vix

Segundo um estudo publicado, homens que possuem a próstata inflamada – um problema que acaba obstruindo a passagem da urina – poderiam ter melhoras apenas de deixar de fazer xixi em pé, ou seja, fazer xixi sentado no vaso. Além disso, o estudo também comparou os parâmetros urodinâmicos de homens com problemas e saudáveis.

Os homens que apresentavam um trato urinário inferior, como por exemplo ter vários problemas que afetam o esvaziamento e o enchimento da bexiga, possuíam uma perfil urodinâmico melhor ao urinar sentado. Sem falar que o tempo que ficavam lá era menor.

Continua após a publicidade

Entretanto, nos homens que tinham a saúde normalizada, fazer xixi em pé ou sentado não mostrou nenhuma diferença se comparado os parâmetros urodinâmicos. Enfim, é recomendado que homens com problemas para urinar façam isso sentados.

Outras hipóteses

Fazer xixi em pé faz bem? A técnica afeta a saúde masculina?
Fonte: Nerdpai

Além disso, algumas outras teorias rondam sobre fazer xixi em pé e os problemas que isso traz. Como por exemplo, acreditam que fazer xixi sentado pode ajudar a prevenir o câncer de próstata e também auxiliar os homens em uma vida sexual mais ativa. Contudo, isso ainda não tem comprovação.

Essas tesses foram criadas em 2012 quando um político tentava convencer os homens que era melhor fazer xixi sentado nos banheiros do conselho municipal. Na realidade, ele queria garantir a higiene do local. Evitando que outras pessoas pisassem em resíduos que caíam no chão.

Toda essa discussão passou por vários países europeus, incluindo a Alemanha, em que há diversos avisos nos banheiros públicos que não pode fazer xixi em pé. Também há casas que solicitam que as pessoas se sentem para usar o vaso.

Continua após a publicidade

O processo por fazer xixi em pé

Fonte: Elpais

Certa vez, em Düsseldorf o dono de um imóvel chegou a processar o inquilino que vivia no local. O motivo: fazer xixi em pé trouxe danos para o chão do banheiro. Entretanto, o juíz do caso não levou o processo à frente. Ele afirmou urinar em pé ainda era uma prática normal no país.

Então, gostou da matéria? Em seguida leia: Mancha vermelha nos olhos, o que é? Causas e como tratar

Imagens: Uol, Vix, Nerdpai, Elpais e Uol

Fontes: G1, Uol, Bbc

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você