Curiosidades

35 curiosidades sobre Vladimir Putin, um dos homens mais polêmicos do mundo

O presidente russo, Vladimir Putin, é uma figura popular, mas polarizadora que dominou a política russa; veja aqui algumas curiosidades sobre ele.

O presidente russo Vladimir Putin foi nomeado primeiro-ministro interino em 9 de agosto de 1999 pelo então presidente Boris Yeltsin. Ele está no cargo como presidente ou primeiro-ministro desde então, um período de mais de duas décadas.

Atualmente, Putin coordena uma invasão ao país vizinho, a Ucrânia. Em suma, os ucranianos se rebelaram em 2014 e perseguiram o líder pró-Rússia do país até o exílio.

Putin reagiu com sua primeira invasão da Ucrânia – enviando comandos de operações especiais para tomar a península da Crimeia – tomando uma província da Ucrânia e tornando-a uma província da Rússia.

Desde então, Putin vem alimentando uma guerra civil desagradável no leste da Ucrânia, apoiando combatentes pró-Rússia que querem romper outro pedaço do país. Certamente, o impasse na Ucrânia é o maior desafio de Vladimir Putin até agora e isso determinará a posição dele e de seu país na hierarquia global.

Continua após a publicidade

Aqui estão as principais curiosidades sobre o líder russo Vladimir Putin.

35 curiosidades sobre Vladimir Putin

Vida pessoal de Putin

1. Em primeiro lugar, o nome completo de Vladimir Putin é Vladimir Vladimirovich Putin. Ele nasceu em Leningrado (atualmente Petersburgo), Rússia, em 7 de outubro de 1952.

Continua após a publicidade

2. Ele nasceu em uma família pobre. Além disso, o nome de seu pai era Vladimir Spiridonovich Putin e o nome de sua mãe era Maria Ivanovna Shelomova.

3. O nome de sua ex-esposa é Lyudmila Shkrebneva (Putina). Ele teve duas filhas com Lyudmila, cujos nomes são Yekaterina Putina e Mariya Putina.

Continua após a publicidade

4. A mãe de Putin, Maria, sobreviveu ao cerco de Leningrado pelas tropas finlandesas e alemãs entre 1941 e 1944. Aliás, durante o período do cerco, os suprimentos de muralhas de Leningrado foram cortados, matando de fome e matando cerca de um milhão de pessoas.

5. Putin tinha dois irmãos mais velhos. Seus nomes eram Albert e Victor. Albert morreu durante a infância. Victor sobreviveu apenas para morrer de difteria durante o cerco de Leningrado.

6. Na adolescência, Putin começou a aprender judô e, aos 18 anos, alcançou a faixa preta.

7. Não só Judô, ele ainda aprendeu Samozashchita Bez Oruzhiya – popularmente conhecido como Sambo – uma arte marcial russa.

Continua após a publicidade

8. Nada se sabe sobre suas filhas Yekaterina Putina e Mariya Putina. Contudo, não há fotografias de família já publicadas, ou seja, a vida deles permanece um segredo completo. Ambas as filhas nasceram em Dresden, na Alemanha Oriental, em meados da década de 1980.

9. O avô de Putin, Spiridon Ivanovich Putin, era o cozinheiro de Vladimir Lenin na casa de Lenin, Gorki. Após a morte de Lenin, Spiridon Ivanovich Putin continuou a cozinhar refeições para vários outros líderes soviéticos, incluindo Joseph Stalin.

Relação com a KGB

10. Putin idolatrava a agência de segurança soviética, KGB, em sua juventude. Aliás, ele foi recrutado depois de se formar em direito pela Universidade de Leningrado.

11. Como oficial de inteligência estrangeira para a KGB, seu mandato de serviço nesse posto foi de 16 anos. Durante esse período, ele se tornou tenente-coronel e acabou se demitindo da KGB em 1991.

Continua após a publicidade

12. Durante sua atuação na KGB, Putin foi enviado para Dresden, na Alemanha Oriental, como tradutor, mas na verdade era um agente disfarçado. Desse modo, ele ficou lá de 1985 a 1990.

13. A queda do Muro de Berlim começou em 9 de novembro de 1989. Durante esse período, para evitar que os manifestantes obtivessem os arquivos da KGB, ele queimou os arquivos.

14. Depois que o governo comunista da Alemanha Oriental entrou em colapso, Putin retornou a Leningrado e em junho de 1991 começou a trabalhar na seção de Assuntos Internacionais da KGB.

Em agosto de 1991, ele renunciou quando o golpe abortado contra Mikhail Gorbachev (o então presidente soviético) começou com o apoio da KGB.

Continua após a publicidade

15. Após o colapso da União Soviética, Putin mudou-se para São Petersburgo.

Vida política

16. Depois que Putin renunciou à KGB, ingressou na política em São Petersburgo. Em 1996, porém, mudou-se para Moscou. Boris Yeltsin nomeou Putin como vice-chefe de administração em 1998.

17. Pouco depois disso, Yeltsin nomeou Putin como chefe da Segurança Federal (a Segurança Federal era um braço da antiga KGB). Putin também se tornou chefe do Conselho de Segurança de Yeltsin.

18. Em agosto de 1999, quando Yeltsin demitiu Sergey Stapashin (o então primeiro-ministro) e todo o seu gabinete, Putin foi promovido ao cargo de primeiro-ministro.

Continua após a publicidade

19. Em dezembro, quando Yeltsin renunciou ao cargo de presidente, Putin foi nomeado presidente interino até as próximas eleições formais marcadas para março de 2000.

20. Apesar de ser originalmente pouco famoso e impopular, ele ganhou o voto popular de 2000 depois que bombardeios de apartamentos foram atribuídos a terroristas chechenos. Putin ressoou com o povo russo ao declarar a Segunda Guerra Chechena.

21. Ele ganhou a eleição presidencial novamente em 2004. Por causa dos limites de mandato, não foi possível para Putin concorrer a um terceiro mandato como presidente. Todavia, ele garantiu que Dmitry Medvedev, seu protegido, se tornasse o presidente e Putin se tornasse o primeiro-ministro novamente.

22. A economia e o padrão de vida russos melhoraram no início dos anos 2000, fazendo com que o apoio público a Putin aumentasse. Após a reeleição em 2004, ele começou a falar contra os Estados Unidos como uma ameaça à Rússia.

Continua após a publicidade

Curiosidades sobre o poder de Vladimir Putin

23. Em 2007, Putin fez um discurso na Conferência de Segurança de Munique que chocou toda a comunidade diplomática e militar do Ocidente.

Dmitry Medvedev então assumiu em 2008 como uma ‘marionete’ até o retorno de Putin à presidência em 2012, que efetivamente reprimiu protestos, imprensa e organizações associadas aos EUA.

24. Putin foi nomeado Pessoa do Ano pela revista Time em 2007.

25. Embora Putin ganhe apenas um salário equivalente a US$ 137.000 por ano, por causa da corrupção e do clientelismo, acredita-se que ele seja secretamente um dos homens mais ricos do mundo.

Continua após a publicidade

Ademais, Putin teria usado sua influência política para adquirir participações em várias corporações russas e ucranianas (especialmente empresas de petróleo e gás) que o faria valer entre US$ 30 e US$ 70 bilhões (em comparação, o fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, vale US$ 72,8 bilhões).

26. Segundo um ex-vice-primeiro-ministro russo, Putin possui 20 palácios (incluindo um avaliado em US$ 1 bilhão), quatro iates, 58 aeronaves e uma coleção de relógios no valor de meio milhão de dólares.

A maioria de seus ativos está escondida por meio de empresas de fachada e outras táticas usadas para proteger seu patrimônio líquido do exame público.

27. O estilo e a agenda de Putin deram origem ao termo “Putinismo”, ou seja, uma autocracia personalista. Em suma, o putinismo se baseia em um governo irrestrito de um homem só e no esvaziamento de partidos, instituições e até indivíduos que não sejam o presidente como atores políticos independentes.

Continua após a publicidade

28. Em seu 62º aniversário em 2014, um artista criou e exibiu uma coleção de arte que retratava os 12 Trabalhos de Putin. Lembra dos 12 Trabalhos de Hércules? Pois os 12 Trabalhos de Putin é uma ode a isso.

Política externa

29. Em questões de política externa, Putin defende uma agenda nacionalista que busca restabelecer a Rússia como uma grande potência mundial e compensar a posição de liderança global dos Estados Unidos.

30. Sob a supervisão de Putin, a Rússia avançou para expandir sua influência geopolítica entrando em guerra com a Geórgia (2008), tomando a Crimeia (2014), intervindo no leste da Ucrânia (2014) e mobilizando forças militares na guerra civil síria (2015).

Ademais, Putin também fortaleceu os laços com a China, a Índia, o mundo árabe e o Irã na tentativa de reduzir a influência americana e ocidental na Ásia.

Continua após a publicidade

31. Outra das curiosidades sobre Vladimir Putin é que por três anos consecutivos (2013-2015), a Forbes o colocou em 1º lugar na lista das pessoas mais poderosas do mundo.

32. Putin foi reeleito presidente para um quarto mandato em março de 2018.

33. Putin, cujo governo de 21 anos já o torna o líder mais antigo da Rússia desde o ditador soviético Josef Stalin, não deu sinais de que irá deixar a política tão cedo. Em julho de 2020, os russos concederam a Putin o direito de estender seu governo até 2036 em uma votação esmagadora.

34. Putin pode governar a Rússia até os 83 anos.

Continua após a publicidade

35. Por fim, no ínicio de 2022 Vladimir Putin lançou ataques em toda a Ucrânia, reconheceu partes do leste da Ucrânia como independentes, enviou “mantenedores da paz” russos para dentro da Ucrânia para digerir mais um pedaço de seu vizinho ou para absorvê-lo completamente, e desencadeou uma verdadeira guerra entre os dois países.

Então, gostou de saber essas curiosidades sobre o líder da Rússia, Vladimir Putin? Pois, leia também: 5 fatos para entender a crise na Ucrânia e o discurso de Putin

Próxima página »

Escolhidas para você