Como o álcool afeta a aparência das pessoas?

Se você tem o costume de consumir bebidas alcoólicas, mesmo que socialmente, já deve ter percebido que algumas doces podem ter um efeito interessante em nosso organismo. O problema, no entanto, é que a tontura e a ressaca, bem como a vontade de fazer xixi, não são as únicas consequências do consumo de bebidas.

Por mais que quase ninguém toque no assunto, a verdade é que o álcool também afeta a aparência das pessoas, de uma forna negativa, se consumido em excesso e por um longo período. Ou você nunca percebeu pequenas diferenças no espelho, logo depois de uma noite de bebedeira?

6

Além da famosa barriguinha do chope, o álcool pode trazer prejuízos para a saúde de seus cabelos, da sua pele e até mesmo de seus olhos. Dá para acreditar nisso? O assunto é bem mais sério que as pessoas costumam imaginar, como você vai ver na lista abaixo.

Veja como o álcool afeta a aparência das pessoas:

1. Cabelo

2

Uma coisa que ninguém fala sobre o álcool é que ele faz seu corpo perder água, por isso aquela vontade danada de fazer xixi quando bebemos. O cabelo também sofre com isso, fica quebradiço e o couro cabeludo, desidratado. Queda de cabelos também podem ocorrer devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

2. Cérebro

3

Embora não pareça ter qualquer ligação, o álcool atinge o cérebro e isso, com certeza, muda a aparência e o comportamento de qualquer pessoa, como você já viu nessa outra matéria. O que começa com uma sensação de relaxamento e bem-estar, pode acabar se transformando em irritação e agressividade em alguns casos, além das costumeiras perdas de reflexos e memória.

3. Olhos

4

O álcool também pode afetar a aparência de seus olhos e, claro, pode causar problemas realmente sérios à sua visão. O consumo abusivo, por exemplo, pode levar à neurite ótica, uma espécie de inflamação no nervo ótico, devido ao esgotamento das reservas de zinco e de vitamina B1 do organismo. O problema, inclusive, pode causar cegueira.

4. Boca

5

A longo prazo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode baixar a defesa do organismo e, com isso, aumentar o risco de lesões na boca e inflamações na gengiva. Aliás, cerca de 80% dos cânceres de boca, laringe e faringe estão diretamente relacionados ao consumo de álcool.

5. Pele

6

Assim como no caso do cabelo, a pele sofre com ressecamento devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Isso pode aumentar o risco de psoríase, doença que aparece na pele e é caracterizada pela erupção de placas eritematosas cobertas de escamas esbranquiçadas ou nacarada.

E, por falar em aparência e no que a bebida alcoólica pode fazer com ela, você deveria ler ainda: Álcool pode ser a fonte da juventude, segundo Ciência.

Fonte: Agência da Notícia