História

Quem foi Dédalo na Mitologia Grega?

Dédalo é aclamado como um habilidoso artista, inventor e artesão segundo a mitologia grega; saiba mais sobre ele neste artigo!

Dédalo foi um artesão habilidoso da Atenas antiga, praticamente um gênio da mitologia grega. Aliás, ele é mais famoso pela construção do labirinto do Minotauro e pelas asas que seu filho Ícaro usou ao voar muito perto do sol.

Desse modo, o artista também se destacou na Grécia antiga por sua habilidade com madeira e metais. Filho da realeza ateniense, seu nome se traduz como “trabalhador astuto”.

As histórias dizem que ele inventou a serra, o machado, uma broca e até mesmo a cola. Ele construiu represas e banhos termais. Alguns contos mostram seu talento em esculpir estátuas tão realistas que pareciam se mover.

Veja com detalhes sua história abaixo!

Continua após a publicidade

Quem foi Dédalo?

Na antiguidade, Dédalo era filho de Metion, descendente do artesão e Deus Hefesto. Ele morava em Atenas com sua esposa Nausicrates e seu filho Ícaro. Ele foi um grande arquiteto, artista e inventor.

Como escultor, tornou-se famoso porque foi o primeiro que curvou as estátuas de madeira com o pé esquerdo para a frente, dando-lhes movimento. Em suma, foi um Leonardo da Vinci da sua época.

No entanto, apesar de todas as suas virtudes, Dédalo tinha uma tendência vingativa. Dizem que ele assassinou seu talentoso sobrinho aprendiz Perdix (também chamado de Talos ou Calos) em um acesso de ciúme.

Continua após a publicidade

Porque Dédalo matou seu sobrinho?

Quem foi Dédalo na Mitologia Grega?

A irmã do arquiteto entregou o filho ao irmão para que ele pudesse ensinar ao menino as artes mecânicas. Com efeito, Perdix provou ser hábil nas formas de arte e demonstrou ser um artista promissor.

Todavia, Dédalo estava tão orgulhoso de suas realizações que não suportava a ideia de ter um rival. De acordo com a mitologia grega, Perdix pegou a espinha de um peixe enquanto caminhava na praia e um pedaço de ferro e o forjou um objeto cortante. Aliás, dizem que esta foi a origem da serra.

Em outra história, Perdix colocou duas peças de ferro juntas, criando a primeira bússola. Dédalo sentiu tanta inveja das realizações de seu sobrinho que empurrou Perdix do alto para que ele caísse da Acrópole.

Continua após a publicidade

Entretanto, a deusa Atena ficou com pena do jovem e o transformou na ave perdiz, o que lhe permitiu pousar com segurança. Ao mesmo tempo, ela deixou uma cicatriz em forma de perdiz no ombro direito de Dédalo. Ele foi condenado pelo crime e deixou Atenas para fugir do seu castigo.

Como o inventor construiu o Labirinto do Minotauro?

Por causa de sua reputação, o Rei Minos de Creta convidou o artista a construir um palácio na cidade de Knossos, onde ele poderia esconder seus tesouros de seus inimigos. Dédalo conseguiu construir um complexo imenso de salas e corredores, o famosos Labirinto.

Portanto, se um inimigo estivesse entrando no Labirinto, não poderia sair. Aliás, foi lá que Minos prendeu o Minotauro, a criatura que era meio homem e meio touro.

Continua após a publicidade

O rei Minos ficou grato a Dédalo, mas não pôde deixá-lo sair da ilha, temendo que ele contasse o segredo da saída do labirinto aos atenienses. Aliás, o segredo era puxar uma linha de costura, antes de entrar no Labirinto, para que o prisioneiro pudesse encontrar o caminho de saída.

Contra a vontade do rei, o inventor da estrutura, contou o segredo para a filha do rei Minos, chamada Ariadni. Ela se apaixonou por Teseu, que era um herói e filho do rei Egeu de Atenas.

Como resultado, Teseu entrou no labirinto e matou Minotauro que comia 7 garotas atenienses virgens por ano, as quais foram oferecidas ao rei Minos como um presente de paz.

Qual a lenda de Dédalo e Ícaro?

Quem foi Dédalo na Mitologia Grega?

Continua após a publicidade

O rei Minos ficou furioso quando soube do ato traiçoeiro do inventor. Como punição, ele prendeu Dédalo e seu filho, Ícaro, no labirinto. Mas, o artista engenhoso conhecia uma maneira de sair do local.

Ele construiu dois pares de asas feitas de varas de madeira que suportariam penas reais coladas com cera.

Posteriormente, o inventor deu a Ícaro instruções específicas sobre como voar. Ele orientou ao filho que não deveria voar muito baixo, pois a água poderia entrar nas penas e pesá-las. Ao mesmo tempo, ele não poderia voar muito alto porque o sol poderia derreter a cera.

Assim, eles conseguiram escapar e voaram para a Sicília. Mas Ícaro logo esqueceu as instruções de seu pai e continuou voando mais alto. Com efeito, o sol derreteu a cera, destruindo suas asas e fazendo com que ele caísse no mar e se afogasse.

Continua após a publicidade

Ícaro caiu no mar perto de Samos e seu corpo foi levado até a costa de uma ilha próxima. As pessoas então chamaram esta ilha de Icaria em sua homenagem. Eles também batizaram o mar ao redor da ilha de Mar Icarian.

Então, gostou dessa história? Pois, você vai gostar também de: Deusa Diana, quem é? História e curiosidades sobre a divindade

Próxima página »

Escolhidas para você