Curiosidades

Diamante amarelo, o que é? Origem, características e preço

O diamante amarelo é uma pedra preciosa extremamente rara, mas que pode chegar a custar até 60 mil reais por quilates dependendo da gema.

Em primeiro lugar, o diamante amarelo é um achado recente. Basicamente, Noreen Wredberg, uma aposentada da Califórnia, encontrou um exemplar de diamante amarelo. Além disso, consiste em uma pedra preciosa rara de 4,36 quilates em um parque do estado americano do Askansas.

No geral, quilates é uma unidade de medida usada para pesar pedras preciosas, sendo útil para descrever a pureza do metal. Portanto, cada unidade do quilate equivale a miligramas de material. Sendo assim, o diamante amarelo do parque nacional nos Estados Unidos pesa cerca de 0,9 gramas.

Apesar disso, consiste na maior pedra preciosa encontrada no Parque Estadual Crater of Diamonds em mais de um ano. Curiosamente, esse diamante amarelo permaneceu com a estadunidense, que a deu para seu marido como presente pela descoberta. Em resumo, o parque aberto ao público permite que seus visitantes garimpem as pedras no solo do local.

Nesse sentido, estima-se que encontra-se nessa região entre um ou dois diamantes diariamente. Por fim, no ano de 2021 encontraram cerca de 258 diamantes, o que equivale a 46 quilates dessa pedra preciosa. Ademais, estima-se que o Arkansas seja o único estado do país que possui uma mina de diamantes aberta ao público.

Continua após a publicidade
Diamante amarelo, o que é? Origem, características e preço
Fonte: Globo

O que é um diamante amarelo?

No geral, o Parque Estadual Crater of Diamonds é um destino turístico popular, cujo nome significa, literalmente, cratera de diamantes. Sobretudo, a fama tem relação com o fato de que visitantes podem escavar e levar para casa as gemas que encontram durante o passeio. No entanto, existe uma vistoria da administração do parque para atestar o verdadeiro valor das pedras.

Sendo assim, consiste numa mina aberta que é uma experiência única e os visitantes acabam experimentando um ambiente único. Nesse sentido, o casal Michael e Noreen viajaram da Califórnia  encontraram o diamante amarelo em menos de 40 minutos de busca. Logo em seguida, levaram a aquisição ao Diamond Discovery Center para identificação e classificação.

Apesar de ter o tamanho de uma jujuba, o diamante amarelo em questão pesava mais de quatro quilates, com uma forma de pera e uma cor amarelo-limão. Dessa forma, estima-se que esse diamante amarelo pode valer entre 9 mil e 60 mil por quilate, a depender das condições e pureza do material.

No entanto, o casal ainda não sabe bem o que fazer com a gema, desde sua descoberta, eles mantiveram o diamante amarelo e estão pesquisando possíveis destinos. Apesar disso, estima-se que esse diamante amarelo é extremamente raro, de modo que exista somente nas joalherias específicas em países como a França.

Continua após a publicidade

Entretanto, estima-se ser uma pedra preciosa difícil de manusear, porque a tonalidade de amarelo torna difícil combinar com roupas e outros acessórios. Por fim, existem tratamentos específicos para preservação e venda.

Diamante amarelo, o que é? Origem, características e preço
Fonte: Globo

A fama da pedra preciosa

A princípio, o interesse do consumidor de luxo por diamantes coloridos e o preço elevado dos diamantes tradicionais brancos causou o crescimento da busca por gemas amarelas. No geral, o público feminino é o maior consumidor dessas e outras pedras preciosas de joias com cor. Apesar disso, estima-se que essa seja uma opção mais acessível que os diamantes brancos

Ademais, as tendências da moda favorecem tons mais brilhantes, de modo que haja preferência para escolha de pedras coloridas. No entanto, apesar do preço mais acessível, o diamante amarelo é muito mais raro, o que dificulta seu comércio. Sobretudo, estima-se que a cor amarela nos diamantes surge por conta do nitrogênio que substitui os átomos de carbono na estrutura do diamante.

Ou seja, quanto mais nitrogênio na composição da pedra, mais profunda será a cor. Comumente, as pedras de tons mais suaves tendem a ter suas vendas por menos da metade do preço de diamantes brancos de alta qualidade. Por outro lado, as pedras de tons amarelos mais fortes chegam a valer o preço de carros de luxo.

Continua após a publicidade

Acima de tudo, a popularidade do diamante amarelo surgiu com o colar The Tiffany Diamond, utilizado por figuras como Beyoncé, Audrey Hepburn e Lady Gaga. Em resumo, consiste em um dos maiores e mais finos diamantes amarelos, cuja história começou em 1877. Além disso, estima-se que a pedra em bruto teria 288 quilates, com descoberta na África do Sul.

E ai, aprendeu sobre o diamante amarelo? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência

Próxima página »

Escolhidas para você