Curiosidades

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

Os limites planetários são 9 fronteiras dentro das quais a humanidade pode continuar a se desenvolver e prosperar nas próximas gerações.

A nossa frequência cardíaca, pressão arterial, níveis de açúcar no sangue e colesterol estão entre os números importantes de saúde que as pessoas devem acompanhar, certo? Esses números são indicadores de quão bem seu corpo está operando. Assim como o corpo humano, a Terra tem seus próprios problemas de saúde que naturalmente dizem respeito a todos os organismos vivos. Desse modo, 9 limites estabelecidos ajudam a avaliar a saúde do planeta.

Em 2009, o ex-Diretor do Centro de Resiliência de Estocolmo, Johan Rockström, e 28 cientistas propuseram o conceito de “Limites Planetários”. Em suma, tratam-se de limites quantitativos dentro dos quais a humanidade pode continuar a prosperar.

Contudo, se esses limites forem ultrapassados, as chances de mudanças ambientais catastróficas e potencialmente irreversíveis tornam-se muito maiores. Saiba mais sobre eles a seguir.

Para que servem os limites da Terra?

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?
Johan Rockström na cúpula das Novas Fronteiras na Nova Zelândia

As nove fronteiras planetárias são categorias de interação homem-natureza. Com efeito, elas vão desde mudanças climáticas a mudanças no sistema terrestre, taxa de perda de biodiversidade e destruição da camada de ozônio.

Continua após a publicidade

A tese das fronteiras planetárias afirma que cruzar esses limites equivale a ultrapassar os pontos de inflexão, além dos quais sistemas ecológicos regionais ou mesmo globais podem ser desestabilizados.

Por exemplo, os defensores dos limites alertam que o aumento da concentração de dióxido de carbono atmosférico global acima de 350 partes por milhão pode acelerar os efeitos da mudança climática em um cenário de pesadelo; ondas de calor estendidas, tempestades assassinas, secas, quebras de safra, extinções de espécies e movimentos em massa de refugiados ambientais.

Assim, os limites da Terra representam uma abordagem preventiva, baseada na manutenção de um estado semelhante ao Holoceno do Sistema Terrestre. Além de cada fronteira, há uma ‘zona de incerteza’, onde existe um risco maior de resultados prejudiciais ao bem-estar humano.

Portanto, aproximar-se de um limite fornece um sinal de alerta para os tomadores de decisão, indicando que estamos nos aproximando de um problema, enquanto reservamos tempo para a ação corretiva antes que seja tarde demais.

Continua após a publicidade

Quais são as fronteiras planetárias?

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

Os 9 limites da Terra são:

1. Perda da biodiversidade
2. Mudanças climáticas
3. Ciclos biogeoquímicos (ciclo do nitrogênio e ciclo do fósforo)
4. Abusos no uso da terra
5. Acidificação dos oceanos
6. Mudanças no uso da água
7. Degradação da camada de ozônio
8. Carregamento de aerossóis para a atmosfera
9. Poluição química

Explicando os 9 limites planetários

1. Perda da Biodiversidade

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

Continua após a publicidade

A demanda por alimentos, água e recursos são os principais motores da mudança. Assim, as altas taxas atuais de dano e extinção de ecossistemas podem ser reduzidas por esforços para proteger a integridade dos sistemas vivos (a biosfera), melhorando o habitat e melhorando a conectividade entre os ecossistemas, mantendo a alta produtividade agrícola de que a humanidade precisa.

2. Mudanças Climáticas

Infelizmente, já ultrapassamos este limite planetário devido aos níveis de CO2 na atmosfera. Portanto, já estamos perdendo o gelo marinho polar do verão e enfraquecendo os sumidouros de carbono, então a questão agora é: por quanto tempo podemos permanecer além dessa fronteira antes que mudanças grandes e irreversíveis se tornem inevitáveis?

3. Ciclos biogeoquímicos (ciclo do nitrogênio e ciclo do fósforo)

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

Continua após a publicidade

O nitrogênio e o fósforo são elementos essenciais para o crescimento das plantas, portanto, a produção e a aplicação de fertilizantes são a principal preocupação.

As atividades humanas agora convertem mais nitrogênio atmosférico em formas reativas do que todos os processos terrestres da Terra combinados.

Muito desse novo nitrogênio reativo é emitido para a atmosfera de várias formas, em vez de absorvido pelas lavouras. Então, quando chove, polui cursos de água e zonas costeiras, um limiar que já estamos atravessando.

4. Abusos no uso da terra

Continua após a publicidade

Florestas, pastagens, pântanos e outros tipos de vegetação estão sendo convertidos principalmente em terras agrícolas pelos humanos. Esta atividade está, sem dúvida, por trás das graves reduções da biodiversidade, e tem impacto nos fluxos de água e na ciclagem biogeoquímica do carbono, nitrogênio e fósforo e outros elementos importantes.

Os cientistas dizem que um limite para as mudanças humanas nos sistemas terrestres precisa refletir não apenas a quantidade absoluta de terra, mas também sua função, qualidade e distribuição espacial.

5. Acidificação do oceano

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

25% do CO2 que os humanos emitem para a atmosfera acaba sendo dissolvido nos oceanos. Aqui ele forma ácido carbônico, alterando a química do oceano e diminuindo o pH da água de superfície.

Continua após a publicidade

Além de um limite de concentração, essa acidez crescente torna difícil para organismos como os corais e algumas espécies de moluscos e plâncton crescer e sobreviver, e a perda de várias espécies teria um grande impacto nos ecossistemas marinhos. A concentração de CO2 é a variável de controle subjacente tanto para o clima quanto para os limites de acidificação do oceano.

6. Mudanças no uso da água

As consequências da modificação humana dos corpos d’água incluem mudanças no fluxo do rio em escala global e mudanças nos fluxos de vapor decorrentes da mudança no uso da terra.

Essas mudanças no sistema hidrológico podem ser abruptas e irreversíveis. Com efeito, a água está se tornando cada vez mais escassa – em 2050, cerca de meio bilhão de pessoas provavelmente estarão sujeitas ao estresse hídrico.

Continua após a publicidade

7. Degradação da camada de ozônio

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

A camada de ozônio estratosférico na atmosfera filtra a radiação ultravioleta (UV) do sol. Se essa camada diminuir, quantidades crescentes de radiação ultravioleta atingirão o nível do solo.

Aliás, isso pode causar uma maior incidência de câncer de pele em humanos, bem como danos aos sistemas biológicos terrestres e marinhos.

Felizmente, por causa das ações tomadas como resultado do Protocolo de Montreal, parece que estamos no caminho que nos permitirá permanecer dentro desse limite.

Continua após a publicidade

8. Carregamento de aerossóis para a atmosfera

Esse limite ainda não foi quantificado, embora as partículas de aerossol que entram em nossa atmosfera possam ser muito prejudiciais à saúde humana. A fronteira foi proposta principalmente por causa da influência dos aerossóis no sistema climático da Terra.

Por meio de sua interação com o vapor de água, os aerossóis desempenham um papel criticamente importante em nossos ciclos de água, afetando a formação de nuvens e os padrões globais / regionais de circulação atmosférica, como os sistemas de monções em regiões tropicais.

Ademais, eles também têm um efeito direto no clima, alterando a quantidade de radiação solar que é refletida ou absorvida na atmosfera.

Continua após a publicidade

9. Poluição Química

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

As emissões de substâncias tóxicas e de vida longa, como poluentes orgânicos sintéticos, compostos de metais pesados ​​e materiais radioativos, representam algumas das principais mudanças causadas pelo homem no ambiente planetário.

Em suma, esses compostos podem ter efeitos potencialmente irreversíveis nos organismos vivos e no ambiente físico. No momento, não podemos quantificar um único limite de poluição química, embora o risco de cruzar os limites do sistema terrestre seja considerado suficientemente bem definido para ser incluído na lista.

Quais limites da Terra já foram cruzados?

Quais são os 9 limites que mantém o equilíbrio do planeta Terra?

Continua após a publicidade

Em 2020, cruzamos os três primeiros limites. Aqui, vale lembrar novamente, que segundo os cientistas e ambientalistas, as consequências de ultrapassar todas as nove fronteiras planetárias têm repercussões irreversíveis para o planeta e as gerações futuras. À medida que ultrapassamos cada limiar, isso subsequentemente coloca em risco o resto.

Por exemplo, mudanças no uso da terra na Amazônia podem impactar imediatamente as fontes de água doce em todo o mundo.

Além disso, até que ponto a mudança climática como uma fronteira planetária é violada depende de nossa capacidade de manter água doce, terra, aerossol, nitrogênio, fósforo, sistemas oceânicos e fronteiras estratosféricas. Com efeito, essa interligação significa que exceder um tem um impacto que ainda não conhecemos.

Em um nível mais otimista, se formos capazes de controlar os limites da Terra restantes, não há razão para não perseguirmos o desenvolvimento social e econômico de longo prazo.

Continua após a publicidade

Por fim, essa trajetória é traçada pelas Nações Unidas por meio da agenda clara dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030 para enfrentar esses desafios.

Então, gostou de saber mais sobre os limites do planeta Terra? Pois, leia também: É verdade que já houve um tsunami no Brasil?

Próxima página »

Escolhidas para você