Curiosidades

10 curiosidades sobre o filme Drive My Car, indicado ao Oscar 2022

O filme "Drive my Car", do japonês Ryusuke Hamaguchi é uma adaptação da obra de Haruki Murakami aclamado pela crítica Oe indicado ao Oscar.

Drive My Car do escritor e diretor japonês Ryusuke Hamaguchi é um filme daptado de um conto de mesmo nome do renomado escritor Haruki Murakami.

O longa que recebeu quatro indicações ao Oscar 2022 leva os espectadores a um passeio emocionalmente angustiante de três horas que mescla dor, arrependimento, amor e cura. Vamos embarcar nessa história e conferir algumas curiosidades sobre o filme.

10 curiosidades sobre o filme Drive My Car

1. Em suma, o filme conta a história de um renomado ator e diretor de teatro, Yūsuke Kafukuwho (Hidetoshi Nishijima), que se conecta com uma jovem taciturna designada para levá-lo em seu amado Saab 900 vermelho.

2. A Warnermedia OneFifty adquiriu o drama japonês Drive My Car para estrear na HBO Max em 2 de março de 2022.

Continua após a publicidade

3. O projeto também é estrelado por Tōko Miura, Masaki Okada, Reika Kirishima, Park Yoo-rim, Satoko Abe, Jin Dae-yeon e Sonia Yuan.

4. Drive My Car recebeu recentemente indicações ao Oscar 2022 em quatro categorias: Melhor Filme, Direção, Longa-Metragem Internacional e Roteiro Adaptado. Aliás, é o primeiro filme japonês a ser indicado a Melhor Filme.

Continua após a publicidade

5. O filme é estrelado por Nishijima como um ator e diretor de teatro escolhido para dirigir uma peça de Tchekhov, Uncle Vanya, para um centro de arte em Hiroshima, com um elenco asiático diversificado, todos falando em seus próprios idiomas.

6. Antes de sua indicação ao Oscar, o filme já fez participações em festivais de cinema e premiações, principalmente ganhando Melhor Filme Estrangeiro no Globo de Ouro e Melhor Roteiro no Festival de Cinema de Cannes 2021 – com Hamaguchi e o co-roteirista Takamaase Oe sendo o primeiro japonês a ganhar o prêmio em Cannes.

Continua após a publicidade

7. Com seu número recorde de indicações ao Oscar, é apenas a terceira vez que um diretor japonês é indicado ao Oscar na categoria de Melhor Diretor, depois de Akira Kurosawa por Ran em 1986 e Hiroshi Teshigahara por Mulher nas Dunas em 1965.

Mais fatos sobre o filme

8. A sinopse diz o seguinte: Yusuke Kafuku (Hidetoshi Nishijima), ator e diretor de teatro, é casado com Oto (Reika Kirishima), uma roteirista. No entanto, Oto morre de repente depois de deixar para trás um segredo.

Dois anos depois, Kafuku, ainda incapaz de lidar plenamente com a perda de sua esposa, recebe uma oferta para dirigir uma peça em um festival de teatro e dirige para Hiroshima com seu carro.

Com efeito, ele conhece Misaki (Toko Miura), uma mulher reticente designada para se tornar sua motorista. Enquanto eles passam o tempo juntos, Kafuku confronta o mistério de sua esposa que o assombra silenciosamente.

Continua após a publicidade

9. O diretor começou a pesquisar locações para Drive My Var em 2019 enquanto filmava seu filme antológico “Roda da Fortuna”, que estreou no início de 2021 em Berlim, ganhando o Prêmio Urso de Prata do Grande Júri.

10. Por fim, há muitas semelhanças entre ‘Drive My Car’ e a produção experimental chekoviana na qual o filme está centrado. Para começar, os créditos de abertura não aparecem até a marca de 40 minutos do filme (o filme em si tem três horas de duração).

Desse modo, você tem o roteiro extenso de Hamaguchi e Takamasa Oe, que combina a melancolia e o desespero das histórias de Chekhov com as conotações sexuais e o surrealismo que definem a escrita de Murakami.

Então, gostou de saber mais sobre esse filme? Pois, leia a seguir: 16 curiosidades sobre o filme Duna, indicado ao Oscar 2022

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você