Curiosidades

Heath Ledger, quem foi? História, fama e sua morte precoce

O australiano Heath Ledger sonhou com a carreira de ator desde criança. Em 2005 ele foi indicado pela primeira vez ao Oscar.

Atualizado em 10/07/2020

Heath Ledger se consagrou como ator ao roubar a cena em seu papel do vilão Coringa em Batman – o Cavaleiro das Trevas. Infelizmente, este também acabou sendo seu último filme completo, já que durante as gravações de O Mundo Imaginário de Dr. Parnassus ele faleceu.

O ator optou e correu atrás da carreira de ator muito jovem. Iniciou seus trabalhos na TV australiana e, após atuar em uma série, recebeu sua chance em Hollywood. Inegavelmente, é fácil lembrar dele em seus papéis marcantes, como em 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, O Segredo de Brokeback Mountain e Batman – O Cavaleiro das Trevas. Em resumo, Heath Ledger tem um extenso legado e é lembrado até os dias atuais.

O australiano abandonou o hóquei para se tornar ator. Passou anos construindo sua carreira. Se imortalizou no papel de Coringa, sendo referência até hoje. E infelizmente, morreu logo depois com apenas 28 anos.

A história de Heath Ledger

Heath Ledger
Uai

Heathcliff Andrew Ledger nasceu dia 4 de abril de 1979, em Perth, na Austrália. Seu pai é Kim Ledger Ramshaw e sua mãe Sally Ledger Ramshaw. O ator possui também três irmãs. Ainda criança Heath já demonstrava seu interesse pelo teatro, posteriormente escolhendo a carreira de ator ao invés de se tornar um jogador de hóquei de campo.

Ledger teve seu primeiro papel em uma companhia de teatro da cidade, assim, aos 10 anos, ele se apresentou como Peter Pan. Dedicado a atuação desde criança, formou-se e em seguida mudou para Sidney com o melhor amigo, Trevor Di Carlo, a fim de correr atrás do seu sonho. Ele tinha apenas 16 anos na época.

De fato, a primeira oportunidade profissional foi em um papel pequeno em um filme australiano, Blackrock. Ele teve pequenas participações em vários filmes de seu país, todavia Heath queria mais e por isso se mudou para Hollywood.

O início do sucesso

Heath Ledger
Gente

Apesar de não ter conseguido muita coisa no começo, em 1999, Heath Ledger teve a chance de estrelar no filme 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você. O filme trouxe o tão esperado reconhecimento e atualmente ainda é considerado um sucesso, mesmo que antigo.

Em O Patriota, gravado em 2000, Heath interpretou o filho do também australiano Mel Gibson. E logo depois acabou ganhando o papel principal em Coração de Cavaleiro, vivendo o Sir Ulrich Von Lichtenstein. Dessa forma, a cada filme feito Legder ia ganhando ainda mais a aprovação do público. É claro, nesse ínterim as críticas negativas também chegavam algumas vezes.

Foi com O Segredo de Brokeback Moutain, lançado em 2005, que Heath Ledger finalmente apareceu entre os grandes. O filme fez muito sucesso, pela primeira vez ele era indicado ao Oscar de Melhor Ator e simultaneamente ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante. Além disso, foi nos bastidores do filme que Heath conheceu Michelle Williams, a mulher que posteriormente seria a mãe de sua filha, Matilda Rose.

Michelle e Heath nunca foram casados no papel, porém moraram juntos durante dois anos. No entanto o relacionamento chegou ao fim porque Michelle não gostava da quantidade de festas que Heath fazia. O término é tido como o motivo que logo depois desencadeou o quadro depressivo do ator. Logo após, Ledger acabou tornando-se dependente de remédios e viciado em drogas.

O papel de Coringa

Heath Ledger de coringa
Jornada Geek

Em 2008, conseguiu, inegavelmente, todos os holofotes para si quando conseguiu interpretar de forma brilhante, em Batman – O Cavaleiro das Trevas, o vilão Coringa. O personagem não era o principal do filme e, ainda assim, chamou mais atenção que o herói que intitulava a história.

Porém, rumores diziam que interpretar o inimigo de Batman acabou trazendo mais alguns danos psicológicos ao ator. Isso porque o próprio Ledger já havia dado entrevistas dizendo o quanto era desgastante ser o Coringa.

Completamente dedicado ao trabalho, o ator chegou a se trancar durante um mês em um quarto de hotel em Londres a fim de estudar melhor o personagem. Ele buscou e treinou a voz e a risada exata para o papel. Lia histórias do vilão e imediatamente passava vários momentos analisando-as. Dessa forma Ledger chegou a afirmar que conseguiu entrar no reino do Coringa, um assassino em massa vestido de palhaço. Em outras palavras, o personagem era apenas um psicopata que não sei importava com seus atos.

Em contraste com seus estudos e seu papel, seu sono acabou sendo novamente afetado. Durante a preparação, Heath Ledger chegava a dormir apenas duas horas em todo o dia. Acompanhado de um diário durante os seus dias no hotel, o ator fazia anotações sobre o personagem para a sua interpretação. Na última folha do diário a palavra Bye Bye estava escrita em letras garrafais. Seu pai afirmou que acima de tudo Heath sempre mergulhava de cabeça nos papéis que interpretava, entretanto teria ido longe demais dessa vez.

Sua morte

Heath Ledger
A crítica

Depois de Batman ele começou a filmar O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus, porém, no meio das gravações Heath Ledger foi encontrado morto em seu apartamento em Manhattan. Segundo o seu laudo final, a causa da morte foi uma overdose acidental causada por um combo de calmantes, indutores de sono, antidepressivos, ansiolíticos e analgésicos. Entre eles foram encontrados:

  • Oxycodona
  • Hidrocodona
  • Diazepam
  • Temazepam
  • Alprazolam
  • Doxylamina

Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell terminaram as gravações do filme em seu lugar. Heath recebeu um memorial na Penrhos College, na Austrália e por fim seu corpo foi cremado e suas cinzas espalhadas no cemitério onde suas avós estão enterradas.

Apesar disso, em 2009 o ator ganhou de forma póstuma o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, o Globo de Ouro e os Prêmios BAFTA, todos por sua atuação em Batman. Por consequência de seu trabalho e sucesso, Heath Ledger é lembrado até hoje. Sobretudo em seu papel desafiador de interpretar o Coringa.

Curiosidades sobre o ator

Heath não era um cara comum, disso todos sabiam. Entretanto ele acabou acumulando alguns fatos pessoais interessantes no decorrer de sua vida. Por exemplo, seu nome e o de sua irmã mais velha, Catharine, foram tirados do livro O Morro Dos Ventos Uivantes. Sua mãe achou um canguru filhote e Heath o criou como um animal de estimação. Anteriormente dissemos que ele tinha optado pela carreira de ator, isso porque ele chegou a ser selecionado para a seleção sub-17 de hóquei, mas recusou a proposta.

Além do relacionamento com Michelle, Heath Ledger também namorou a atriz Heather Graham depois do filme e Naomi Watts, também atriz, um ano após terminar com Graham. Cercado por famosos, o ator Jake Gyllenhaal é padrinho de sua filha. Igualmente, Heath era um dos padrinhos do filho da atriz Elizabeth Hurley.

Ele participou do seriado Roar e por causa da baixa audiência do programa não conseguiu um papel na série Roswell. Em 2008 optou interpretar Coringa em Batman e por isso abriu mão de participar do filme Austrália. Foi Ledger o primeiro escolhido para estrear Alexandre, apesar que o papel acabou ficando para Colin Farrell. Foi o primeiro ator não americano e também o mais jovem a interpretar o Coringa. Até 2019 era o único ator que tinha concorrido ao Oscar pelo papel do vilão.

Filmografia

Alguns filmes que o ator participou já foram citados, porém abaixo está uma lista com seus trabalhos.

  • 1988 – Home and Away
  • 1997 – Falando pra Cachorro
  • 1999 – 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você
  • 1999 – Two Hands
  • 2000 – O Patriota
  • 2001 – Coração de Cavaleiro
  • 2001 – A Última Ceia
  • 2002 – O Devorador de Pecados
  • 2002 – As Quatro Plumas
  • 2003 – Ned Kelly
  • 2004 – Os Reis de Dogtown
  • 2005 – Os Irmãos Grimm
  • 2005 – O Segredo de Brokeback Mountain
  • 2005 – Casanova
  • 2006 – Candy
  • 2007 – Não Estou Lá
  • 2008 – Batman – O Cavaleiro Das Trevas
  • 2009 – O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus

Gostou? Logo depois, leia: História da Netflix – Origem, plano de expansão e produção original

Imagens: Jornadageek, Nomeumundo, Uai, Acritica, Gente

Fontes: Alemdaimaginação, Uol, Rollingstone, Adorocinema, Terra