Curiosidades

Mudanças climáticas podem fazer país na Oceania desaparecer

A nação está cada vez mais submersa. Além disso, as ilhas próximas dali também estão sendo vítimas das mudanças climáticas.

As mudanças climáticas colocam em risco diversos moradores de dezenas de Estados insulares. Sendo assim, prejudicou o nível do mar e provocou o arrasamento de regiões e a falta de água potável nessas ilhas.

Um desses lugares, por exemplo, é Tuvalu, que se localiza no Oceano Pacífico. Por isso, essa nação solicitou que os principais países acumuladores de poluição diminuam rapidamente as emissões de gases de efeito estufa.

Além disso, Tuvalu se organiza legalmente para a submersão total do território. Inclusive, o Ministro da Justiça, Comunicações e Relações Exteriores de Tuvalu, Simon Kofe, anunciou recentemente sobre as mudanças climáticas locais. 

Mensagem de Tuvalu sobre mudanças climáticas

Continua após a publicidade

O Ministro da Justiça, Comunicações e Relações Exteriores de Tuvalu, Simon Kofe, estava com água do mar na altura dos joelhos em uma área, que antes era uma região seca, quando gravou o comunicado. A nota preocupante foi para a COP26 em Glasgow, na Escócia.

Simon contou que a nação está cada vez mais submersa. Além disso, as ilhas próximas dali também estão sendo vítimas das mudanças climáticas. Ou seja, também estão sujeitas a afundar. Ademais, mesmo que indiretamente outros países também estão na mira. 

Sobre Tuvalu

Mudanças climáticas podem fazer País na Oceania desaparecer

Tuvalu é uma nação insular de baixa altitude. Sendo assim, 4 metros é a altura máxima da região mais alta do nível do mar. O país possui 9 ilhas localizadas perto de Kiribati, Samoa e Fiji.

Continua após a publicidade

A nação está a cerca de 4 mil quilômetros da Austrália e do Havaí. Tuvalu possui 12 mil habitantes. Portanto, o país tem apenas 26 quilômetros quadrados. 

Tuvalu se forma por atóis como Kiribati e as Maldivas, por exemplo. Por isso, é bastante sensível ao aquecimento global e a mudanças climáticas. 

Continua após a publicidade

Submersão, ciclones e outros problemas

Como o país se forma sobre recifes de coral em forma de anel, completos ou parciais, que envolve uma lagoa central, a nação corre grande risco. Principalmente porque o nível do mar cresceu de maneira considerável no decorrer dos anos. 

Continua após a publicidade

Além disso, grande parte do terreno da ilha sofreu erosões. O período é de seca na Nação. Portanto, houve um acréscimo na quantidade de fortes ciclones no local. Simon Kofe disse também que os recifes de coral estão mais brancos por conta do aumento da temperatura. 

Vale lembrar que os recifes são extremamente importantes para a reprodução dos peixes e também para a proteção costeira.

Invasão da água do mar

Mudanças climáticas podem fazer País na Oceania desaparecer

Ademais, o que mais preocupa os habitantes do País é a entrada das águas do oceano que se infiltraram no subsolo em algumas regiões. Resultado disso, é um impacto negativo nos aquíferos. 

Continua após a publicidade

O Ministro de Tuvalu explica que a água potável normalmente se consegue através da chuva ou de poços subterrâneos. No entanto, a água do mar invadiu diversas dessas cavidades. Além disso, também atrapalha na utilização agrícola. 

Portanto, hoje o governo de Taiwan financia e administra um programa para gerar alimentos em condições controladas em Tuvalu. Através desse projeto, é possível adquirir uma qualidade melhor do solo e fertilizantes. 

Confira também sobre O país mais introvertido do mundo e suas características!

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você