Curiosidades

O que significa Nefilins e quem eles eram, na Bíblia?

Os Nefilins seres citados pela Bíblia e que levantam algumas controvérsias. Quer saber mais sobre essas criaturas? Então, leia nosso texto!

Acredita-se que os Nefilins eram seres gigantes que viveram no período do Antigo Testamento, cujo nome, inclusive, remete a essa conotação de seres grandes. Além disso, traduz-se essa palavra também como ‘caídos’ fazendo referência à má índole dessas criaturas assim como sua perversidade.

Outra possível tradução desse termo, de fato, o que é considerado o mais correto, é ‘aqueles que caem sobre os outros’. O sentido aqui seria o de que os Nefilins dominavam as pessoas, apresentando a ideia de que eles eram poderosos e com características cruéis e agressivas.

Existem teorias que alegam que os Nefilins eram seres gigantes que foram frutos de relações entre as mulheres do período anterior ao Dilúvio com os anjos caídos. No entanto, essa é uma interpretação sem muito fundamento na Bíblia.

Quer saber mais sobre esses seres bíblicos? Então, continue lendo nosso texto!

Continua após a publicidade

O que eram os Nefilins na Bíblia?

Existem somente três ocorrência dos Nefilins na Bíblia: em Gênesis, Números e Sabedoria. Primeiramente, temos:

“Ora, naquele tempo havia Nefilins na Terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos; estes foram valentes, homens de renome, na Antiguidade” (Gênesis 6:4).

Continua após a publicidade

Já, a segunda vez em que os seres aparecem é por meio da alusão feita pela palavra ‘gigantes’ que, conforme mencionado anteriormente, é uma das possíveis traduções do termo:

“Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos” (Números 13:33).

Continua após a publicidade

E, por fim, esses seres também estão presentes em:

“Assim, com efeito, quando na origem dos tempos fizestes perecer gigantes orgulhosos, a esperança do universo, refugiando-se num barco, que vossa mão governava, conservou para o mundo o germe de uma geração” (Sabedoria 14:06).

Os Nefilins eram humanos?

Existem interpretações judaicas tradicionais do livro de Gênesis que trabalham com a ideia de que os Nefilins não eram integralmente humanos. Isso é justificado pelas interpretações de que os filhos de Deus que aparecem no capítulo 6 do Gênesis seriam os anjos caídos. Consequentemente, eles teriam engravidado as mulheres que teriam dado origem aos Nefilins. Essa hipótese também foi defendida pelo erudito inglês G. H. Pember e pelos teólogos John Fleming e S. R. Mitland.

Além dessa interpretação, existem algumas outras fontes não bíblicas que reforçam essa visão, como é o caso do Livro de Enoque. Porém, esse tipo de leitura remete muito mais a lendas antigas do que propriamente às Escrituras Sagradas, sobretudo, pelo fato de, na Bíblia, os anjos serem descritos como seres incorpóreos e assexuados, conforme consta em Mateus 22:30 e em Marcos 12:25.

Continua após a publicidade

Ademais, existem ainda duas hipóteses mais aceitas. A primeira delas considera que os Nefilins tenham sido os filhos dos reis pré-diluvianos, que eram chamados de ‘filhos dos deuses’, com as mulheres de seus haréns. Esses homens eram agressivos e muito poderosos e, ainda, tinham orgulho em transgredirem o padrão moral pregado por Deus.

Já a outra corrente de interpretação seria a de que os Nefilins teriam sido descendentes que nasceram da mistura entre a linhagem de Sete (filho de Adão), conhecida por ser piedosa e temente a Deus, com a linhagem de Caim, que se rebelava contra Deus. Alguns dos pensadores que foram a favor dessa versão são, por exemplo, Santo Agostinho, o teólogo C. I. Scofield e Gordon Lindsay, fundador da igreja Cristo para as Nações.

Esses seres eram mesmo gigantes?

Não existe nenhuma explicação literal em Gênesis de que os Nefilins fossem gigantes em relação à sua altura física. O que se pressupõe, no entanto, é que eles fossem gigantes quanto à força, ao poder e aos feitos, por exemplo.

Contudo, não é possível anular a possibilidade de que eles tenham sido realmente gigantes em relação à altura, uma vez que há na Bíblia algumas passagens que falam sobre gigantes que moravam em Canaã. Um caso muito famoso é o de Golias, que media, aproximadamente, três metros de altura.

Continua após a publicidade

Leia também:

Fontes: Estilo Adoração, InfoEscola.

Próxima página »

Escolhidas para você