Curiosidades

O poder do sexto sentido: descubra se você tem e saiba como usá-lo

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre o sexto sentido e como desenvolvê-lo para ter uma vida mais produtiva e melhor.

A maioria de nós conhece os 5 sentidos comuns – paladar, visão, olfato, tato e audição. Mas e o sexto sentido? O sexto sentido é basicamente a capacidade de um ser humano de perceber algo que não está realmente lá.

Por exemplo, você sente que algo vai acontecer antes mesmo de realmente experimentá-los. Ou, você sonha com algo e se torna realidade. Em outras palavras, isso é usar o sexto sentido. Vamos saber mais sobre esse assunto a seguir.

O que é o sexto sentido?

O sexto sentido é como um guia interior que facilita a escolha entre o certo e o errado. Além disso, também é visto como uma combinação de todos os outros sentidos que acaba se tornando um forte poder para você.

Acredita-se que todo mundo nasce com um sexto sentido, porém, muitos de nós não sabemos entender como ele funciona. No entanto, ter um bom sexto sentido nos ajuda a ter mais confiança para tomar decisões.

Continua após a publicidade

O que a ciência diz sobre o sexto sentido?

Os cientistas descobriram evidências de que o “sexto sentido” pode ser mais do que apenas um sentimento. Publicado no New England Journal of Medicine, uma pesquisa de cientistas do National Institutes of Health (NIH), analisou dois pacientes com um distúrbio neurológico raro.

Eles descobriram que um gene – PIEZO2 – controla certos aspectos do toque humano e da propriocepção; a capacidade de sentir estímulos originados dentro do corpo.

Devido a mutações nesse gene, os pacientes enfrentaram inúmeras dificuldades, incluindo a perda do toque em certas partes. Contudo, eles conseguiram superar esses desafios usando a visão e outros sentidos.

Os dois pacientes (de 9 e 19 anos) foram diagnosticados com escoliose progressiva, uma condição em que a curvatura da coluna piora com o tempo.

Continua após a publicidade

Durante o estudo, os pesquisadores descobriram que as mutações no gene PIEZO2 estavam bloqueando a produção normal da proteína Piezo2; uma proteína mecanossensível que gera sinais nervosos elétricos quando as células mudam de forma.

Como o novo gene afeta a percepção?

Houve diferenças entre os pacientes e os voluntários não afetados quando se tratava de consciência corporal, sensibilidade a certos tipos de toque e como eles percebiam certos sentidos, mas o sistema nervoso dos pacientes parecia estar se desenvolvendo normalmente, apesar disso.

As sensações de dor, coceira e temperatura foram sentidas normalmente, com eletricidade sendo conduzida regularmente pelos nervos em seus membros, e as habilidades cognitivas tinham semelhanças com os indivíduos controle da mesma faixa etária.

5 formas de desenvolver e usar o sexto sentido

1. Medite

Meditar torna sua mente clara e torna mais fácil para você pensar sobre o seu dia e permite que venha à mente o que é necessário. Isso ajuda a estar mais alerta aos avisos que você recebe em seu caminho.

Continua após a publicidade

Concentre sua meditação no sexto chakra. O sexto chakra é o chakra da intuição e, portanto, a intuição é a palavra-chave deste chakra. Com um sexto chakra bem desenvolvido, você é capaz de ver, ouvir, sentir, saborear, cheirar e saber o que não percebe com seus outros sentidos.

As pessoas que estão familiarizadas com a espiritualidade ou Chakras certamente sabem alguma coisa sobre o Terceiro Olho. Isso pode ajudar com a intuição de alguém.

De fato, de acordo com especialistas, se seu Terceiro Olho (no centro da testa) estiver totalmente aberto, você poderá ver um vislumbre do futuro! Portanto, se o sexto chakra estiver em equilíbrio, seu Terceiro Olho estará aberto. Isso lhe daria uma intuição e confiança aprimoradas para realmente ouvi-lo.

2. Ouça os outros sentidos

Nossos 5 sentidos desempenham um estilo de aprendizagem importante e único na forma como experimentamos o mundo ao nosso redor. Algumas pessoas estão mais sintonizadas com seus sentidos auditivos e, portanto, gostam de ouvir.

Continua após a publicidade

Outras pessoas são maisvisualmente e aprenda melhor vendo e assistindo. Em geral, o estilo de aprendizagem visual é o mais dominante. Portanto, é eficaz usar imagens de apoio na sala de aula.

Você pode pensar nisso como um grande quebra-cabeça. Existem agora várias áreas do cérebro que contêm uma peça do quebra-cabeça. Isso ajuda a salvar e recuperar as informações. Quando uma dessas peças é ativada, é fácil para o cérebro salvar as peças correspondentes do quebra-cabeça.

Afinal, o cérebro funciona como uma poderosa máquina de associação. Para desenvolver sua construção do sexto sentido a partir do sentido que você mais usa e tentar envolver mais sentidos, tente alinhá-los.

3. Aprenda a confiar na sua intuição

A intuição é um aspecto poderoso da vida humana. Em suma, é uma fonte de experiências que todos podem encontrar dentro de si, se você estiver aberto a isso.

Continua após a publicidade

Você provavelmente já ouviu as expressões “confie em sua intuição“, ou “confie no seu pressentimento”. Sua intuição pode ajudá-lo a resolver problemas e situações difíceis, bem como pode incentivá-lo a assumir novos desafios.

A capacidade de usar a intuição se desenvolve através da exposição repetida a diferentes situações e resultados, quanto mais ricas e complexas suas experiências, maior a probabilidade de você desenvolver conhecimento inconsciente e intuitivo sobre uma ampla variedade de situações e experiências.

4. Registre todos os seus sonhos

Todos nós sonhamos, mas nem todos se lembram deles. Portanto, mantenha um caderno ao lado de sua cama e planeje anotar seu sonho assim que acordar. Você notará que se lembra cada vez mais.

Os sonhos contêm informações simbólicas sobre sua vida, desse modo é valioso levar isso em consideração.

Continua após a publicidade

5. Faça uma imersão na natureza

A natureza nos conecta profundamente com a nossa intuição. Além disso, ela é capaz de nos livrar de energias tóxicas e pensamentos negativos. Portanto, encontre um lugar calmo e tranquilo para caminhar e sintonize-se com o mundo ao seu redor, menos focado em sua mente racional e consciente.

Enquanto caminha, volte intencionalmente sua atenção para fora. Concentre-se no que você pode ver, cheirar, saborear e tocar. Tente perceber os menores sons que puder.

Preste atenção às pequenas mudanças na paisagem. Tente sentir as menores mudanças de temperatura, vento e pressão do ar, para assim aflorar o seu sexto sentido.

Bibliografia

Chesler AT, Szczot M, Bharucha-Goebel D, Čeko M, Donkervoort S, Laubacher C, Hayes LH, Alter K, Zampieri C, Stanley C, Innes AM, Mah JK, Grosmann CM, Bradley N, Nguyen D, Foley AR, Le Pichon CE, Bönnemann CG. O Papel do gene PIEZO2 na Mecanossensação Humana. N Engl J Med. 2016;375(14):1355-1364.

Continua após a publicidade

Então, achou interessante saber mais sobre o famoso sexto sentido e o gene PIEZO2? Pois, confira também: Como ter poderes? Truques para você ter habilidades superiores

Próxima página »

Escolhidas para você