Mundo Animal

Tipos de bicos encontrados em aves e quais suas funções

A grande variedade de hábitos alimentares de aves no mundo animal também indica uma grande variedade de tipos de bicos diferentes.

Por P.H Mota

O mundo animal é repleto de espécies de aves com hábitos e características diferentes. A fim de beneficiar as espécies, existe uma série de diferentes tipos de bicos que ajudam as aves a desempenharem funções específicas.

Ainda que, biologicamente, as aves sejam análogas às funções dos braços em mamíferos, são os bicos que ficam com o trabalho de manipular objetos e, assim, alimentos.

Dependendo do objetivo da ave na hora de caçar, construir ninhos ou se alimentar, os tipos de bicos diferentes cumprem papéis diferentes. Veja os principais tipos de bicos e suas funções neste artigo.

Bicos de aves

Fonte: Pinterest

Independente dos tipos, os bicos de aves são formados pela mandíbula superior e pela mandíbula inferior. O que muda entre as espécies é a forma desse bico, que influencia diretamente nos hábitos alimentares.

Continua após a publicidade

Apesar disso, são banguelas e não mastigam os alimentos depois que eles são rasgados ou quebrados pelo bicos.

Sendo assim, a trituração de grãos e sementes ocorre com a ajuda de órgão muscular triturador, a moela. Ela fica antes do estômago e cumpre a função de quebrar grãos em pedaços menores, facilitando a digestão química.

A moela só está presente em aves que comem alimentos mais duros. No caso de alimentação baseada em carnes, frutas ou néctar, por exemplo, não há necessidade de moela.

10 tipos de bicos diferentes

Bico filtrador

Tipos de bicos: 10 variedades encontradas em espécies de aves
Fonte: Pexels

Os tipos de bicos filtradores são comuns em flamingos e patos. Uma vez que consomem os alimentos diretamente da água, possuem uma espécie de peneira com borda serrilhada que consegue reter o alimento e eliminar a água durante a alimentação. Dessa maneira, quando os animais introduzem o bico ou a cabeça na água, eliminam a água pela lateral do bico, mantendo as partículas sólidas.

Continua após a publicidade

Carniceiro

Fonte: Pexels

Os bicos carniceiros são comuns em urubus e aves que consomem carniça. São tipos de bicos fortes, capazes de rasgar o couro de animais resistentes e acessar a carne em putrefação. Apesar disso, a maioria das espécies começa a comer por partes menos resistentes da carcaça, deixando os couros mais firmes para o fim ou para o urubu-rei, que possui o bico mais forte.

Pica-pau

Tipos de bicos: 10 variedades encontradas em espécies de aves
Fonte: Pexels

Os pica-paus possuem um tipo de bico específico, capaz de trabalhar a madeira com muita eficácia. Dessa maneira, conseguem utilizar o bico não só para se alimentar, mas também para comunicação, construção e molde de ninhos e proteção de filhotes.

Bico granívoro

Fonte: Pexels

Os tipos de bicos granívoros estão presentes em aves que se alimentam especialmente de grãos duros ou sementes. Sendo assim, sua principal característica é força, essencial para quebrar cascas mais resistentes. Além disso, a maior parte desses animais também possuem moela, que contribuem para o processo de digestão iniciado no bico.

Pescadores

Tipos de bicos: 10 variedades encontradas em espécies de aves
Fonte: Pexels

Os tipos de bicos pescadores fazem parte dos hábitos alimentares de animais que alimenta-se na água. As garças, por exemplo, utilizam os bicos como lanças afiadas para capturar peixes que estão ao seu redor. Eles funcionam praticamente como lanças atiradas por pescadores, deixando pouca oportunidade de fuga para os alvos aquáticos.

Continua após a publicidade

Rapinantes

Fonte: Pexels

Bicos rapinantes cumprem a função de assassinato comum das aves de rapina. Eles estão entre os tipos de bicos mais potentes e são capazes de dilacerar a carne das vítimas com muita força. Além disso, essas aves contam com garras extremamente potentes que combinam-se aos bicos na hora da caça.

Bico curvo

Tipos de bicos: 10 variedades encontradas em espécies de aves
Fonte: Pexels

Esses bicos são semelhantes aos das aves de rapina, mas tem pontas menos afiadas e menos força. Isso ocorre porque eles não são feitos para rasgar músculos de presas, mas sim para abrir frutas, bem menos resistentes.

Nectarívoro

Tipos de bicos: 10 variedades encontradas em espécies de aves
Fonte: Pexels

Esses tipos de bicos são longos e atuam com pequenos canudos que conseguem retirar o néctar de dentro das flores. Graças a seu formato agudo e comprido, consegue atingir áreas profundas das flores, permitindo a alimentação. Por conta do comprimento dos bicos, a língua é fundamental na função de levar o líquido até a garganta.

Insetívoro

Fonte: Pexels

Os bicos de animais de hábitos insetívoros costumam ser pequenos, mas muito fortes. Isso porque eles precisam conseguir capturar e segurar os insetos alvos de caça. Além disso, no caso de insetos maiores (como a cigarra, por exemplo) é preciso ter força suficiente para segurar o inseto enquanto ele é batido na superfície de árvores até ficar desacordado.

Continua após a publicidade

Frugívoro

Fonte: Pexels

Esses são os bicos típicos de tucanos, mas também ocorrem em outras espécies. De forma geral, ele cumpre a função de arrancar frutos das árvores e, então, lançá-los diretamente para a goela. Por outro lado, os bicos também cumprem outras funções de sobrevivência. Além da alimentação, por exemplo, eles são utilizados para destruir ninhos de adversários e para matar ameaças menores.

Então, gostou de saber essas curiosidades sobre as aves? Pois veja a seguir: Maiores cobras do mundo, quais são?

Próxima página »

Escolhidas para você