3 truques incríveis para gelar sua cerveja em poucos minutos

Cerveja quente, nunca mais! Chega de ter esse problema atrasando seu happy hour ou aquele churrasco no final de semana. Gelar cerveja e qualquer outra bebida em pouco tempo é possível e hoje você vai conhecer algumas técnicas simples que vão ajudar você nessa missão e garantir o título de “santo milagreiro” quando o pessoal estiver com sede de uma gelada!

Quer saber o que fazer para nunca mais ter que beber cerveja quente? Então confira, na lista que preparamos, alguns truques infalíveis na hora de gelar sua cerveja em poucos minutos:

1. Água gelada e salgada

1

Nada mais eficiente que sal no gelo para acelerar o resfriamento da cerveja, sabe? Isso porque, o sal faz com que o gelo derreta mais rápido, o transformando em água estupidamente gelada, baixando ainda mais a temperatura dentro da uma caixa de isopor, por exemplo. Isso vai fazer a bebida chegar à temperatura desejada mais rápido. Aliás, essa é a técnica usada também na mecânica, em lugares muito frios, quando aditivos com as mesmas propriedades do sal são adicionados no radiador dos automóveis para impedir que a água nesse local congele, mesmo estando geladíssima.

2. Toalha de papel molhada

2

Talvez essa seja uma das técnicas mais conhecidas e também uma das mais eficientes quando a questão é gelar a cerveja melhor e mais rápido. Isso porque, ao envolver cada garrafa com papel toalha molhado o processo de resfriamento acontece de forma muito mais eficiente.

Segundo especialistas, água é um condutor de calor mais potente que o ar. Assim, quando a água na toalha de papel arrefece, o calor da bebida acaba sendo puxado mais rápido, como nem mesmo o  próprio ar frio do congelador conseguiria fazer. Em troca, a evaporação da água no papel acaba tendo um efeito de resfriamento enorme, gelando a cerveja em instantes.

3. Canecas ou copos congelados

3

Não é só charme. Quando os bares colocam na mesa copos congelados para servir sua bebida eles estão ajudando também a deixá-la mais geladas. Acontece, no entanto, que o efeito só dura enquanto o copo consegue brigar com a temperatura ambiente, se igualando a ela no final. Mas, aí, é só trocar o copo de vez em quando que tudo dá certo.

E aí, já ficou com sede?