6 coisas que causam mau hálito e as pessoas não sabem

Conhecido também como halitose, o mau hálito, infelizmente, não é algo tão raro assim. Isso porque, ao contrário do que as pessoas pensam, não é só a falta da escovação dos dentes ou problemas estomacais que originam esse tremendo problema.

Como você já viu aqui, existe uma lista de alimentos capazes de mudar o odor do corpo humano e, claro, alguns podem colaborar para o aparecimento do bafinho também. Aliás, um dos grandes vilões desse cheiro ruim que se acumula na boca pode ser o café, como você também já viu aqui, nessa outra matéria.

Mas, não é só o que você come que pode dar início desse tormento em sua vida. Muitos outros fatores podem desencadear o mau hálito nas pessoas, como você vai ver na lista que preparamos abaixo. O pior disso tudo, entretanto, é que coisas bobas do dia-a-dia, com a ingestão de bebidas açucaradas e até mesmo a falta de uma mastigação eficiente estão nessa seleção de motivadores do mau odor.

7

Aliás, conforme os especialistas, o grande problema são os fatores que desencadeiam a presença de bactérias que se alimentam de moléculas de proteína e que liberam o enxofre. Este último, claro, deixa tudo no mundo menos cheiroso.

Quer entender melhor como tudo isso funciona? Então, confira a lista abaixo e descubra se você também está cometendo erros que podem comprometer o frescor de seu hálito.

Confira 6 coisas que causam mau hálito e as pessoas não sabem:

1. Saburra

6

O nome é feio e a aparência do problema também não é nada bonita. Isso porque saburra é aquela camada branca e pouco higiênica que se forma sobre a linha, sabe? Especialistas contam que ela se origina no estômago devido a problemas digestivos.

Mas, a própria língua, com saburra ou não, pode ser um agente do mau hálito, sabia? As vilosidades dela acabam acumulando restos de comida e células mortas que se desprendem da mucosa e ficam presas nesses pequenos filetes, se deteriorando.

Então, além da escovação normal dos dentes, e do fio dental, é preciso incluir na higienização bucal diária a raspagem da língua. Por isso, a limpeza da boca e a prevenção contra o mau hálito só está completa se você se preocupa também com a limpeza da língua.

E, como feridas na boca também podem prejudicar o frescor de seu hálito, melhor aprender também como tratar das aftas, nessa outra matéria aqui.

2. Cáries e inflamações

5

Outra coisa que pode provocar mau hálito são os problemas periodontais, ou seja, nos dentes. Cáries e inflamações, além de outras coisas nojentas que podem acontecer com os dentes ou ao redor deles, são terríveis para o odor de sua boca.

Inflamações na gengiva também são terríveis para o problema, já que também favorecem a atuação de bactérias e, consequentemente, do mau hálito.

3. Falta de horário para comer

1

Você não pode comer apenas três vezes por dia, sabia? Isso ferra o bom funcionamento de seu metabolismo e, claro, colabora para que você tenha mau hálito.

Se você passa muito tempo sem comer, seu estômago acaba produzindo mais suco gástrico e, por isso, estimula o aparecimento do mau odor na boca. Beliscar algum lanchinho entre as principais refeições ajuda e evitar isso.

4. Mastigação errada

2

Comer mais vezes ao dia também ajuda com outro problema: a saburra. Isso porque o atrito do alimento com a língua, durante a mastigação, ajuda na limpeza da língua e acaba com aquela camada branca.

Mas, se você tiver uma mastigação errada – e entenda-se por isso a mastigação rápida demais e insuficiente para triturar bem os alimentos – esse processo não vai ajudar em nada a melhorar seu hálito.

5. Alimentos ácidos

4

Alimentos ácidos ou ricos em açúcar, como bebidas alcoólicas e refrigerantes; contribuem para a descamação da mucosa da boca e não são indicados se a intenção é evitar o mau hálito. Quando você força a descamação, acaba contribuindo para a formação da saburra na língua, por exemplo.

6. Estresse

3

Este é o grande motivador dos problemas que descrevemos anteriormente e que causam mau hálito, já que pessoas estressadas estão sempre comendo rápido demais para não perder o horário, escolhem mal os alimentos, perdem o horário das refeições e assim por diante.

Além disso, quando o estresse está alto, a ansiedade contribui para que a produção de saliva diminua, deixando a boca seca mais rápido e por mais tempo, o que também facilita a produção de saburra e o aparecimento do mau hálito.

E, por falar em cheiros nada agradáveis, você deveria ler ainda: Qual será o pior cheiro do mundo?

Fonte: Bolsa de Mulher, Minha Saúde, Eu Sem Fronteiras