Saúde

Tudo sobre ácido úrico alto: o que é, sintomas e alimentos que controlam

O ácido úrico pode ser muito prejudicial à saúde, mas alguns alimentos ajudam a eliminar o excesso dessa substância do organismo.

O ácido úrico alto é formado, no nosso corpo, como consequência do metabolismo de proteínas obtidas a partir da alimentação. De forma geral, uma parcela dele continua no sangue e outra parcela é excretada pela urina.

Assim, quando nosso organismo não é capaz de expelir resíduos, ele aumenta o ácido úrico no corpo, que forma cristais sólidos nas articulações, chamados de gota. Essa condição é caracterizada por inflamação, dor e sensibilidade nas juntas.

Para evitar ou normalizar a taxa de ácido úrico no organismo, é importante evitar o excesso de consumo de carnes vermelhas e brancas, de frutas maduras ou muito doces, por exemplo.

Portanto, listamos algumas opções de alimentos saudáveis ​​que podem te ajudar a regular esse composto no corpo.

Continua após a publicidade

Sintomas do ácido úrico alto

  1. Pedras nos rins;
  2. Vermelhidão nos lugares das articulações, além de poder ficar mais quente que o normal;
  3. Deformação na articulação, como consequência do excesso de cristais;
  4. Dificuldade de mover a articulação prejudicada;
  5. Inchaço e dor na articulação, sobretudo, nos dedos, tornozelo e joelho.

Dicas para diminuir o ácido úrico alto

  1. Elevar a ingestão de alimentos que contenham vitamina C, por exemplo, limão, tangerina e abacaxi;
  2. Priorizar o consumo de alimentos com ação diurética, por exemplo, melancia e melão;
  3. Aumentar o consumo de frutas e vegetais, no mínimo 5 vezes ao dia;
  4. Evitar o consumo de produtos industrializados e com muito açúcar, como doces, refrigerantes e comidas prontas;
  5. Beber de 1,5 a 2 litros de água todos os dias;
  6. Reduzir o consumo de carnes vermelhas e brancas.

Alimentos que ajudam a controlar o ácido úrico alto

1. Alcachofra para controlar o ácido úrico alto

Alcachofras são altamente diuréticas. Por isso, trabalham pesado contra a retenção de líquido, assim, são alimentos excelentes quando o assunto é eliminar toxinas.

Além disso, são ricas em minerais, bem como em vitaminas e em antioxidantes. Ademais, elas também são ótimas fontes de fibras, proteínas, ácidos graxos e de energia para o corpo.

Continua após a publicidade

2. Cenoura

As cenouras são alcalinizantes, ou seja, ajudam a retirar das juntas os cristais e as purinas, compostos que, quando metabolizados, formam o ácido úrico.

Assim, se você precisa eliminar o excesso dessa substância do corpo, com certeza, não podem faltar cenouras em sua dieta.

Continua após a publicidade

3. Laranja para diminuir o ácido úrico

A laranja e o suco de laranja natural, ricos em vitamina C. Dessa forma, ajudam a dissolver as pedras formadas pelo excesso de ácido úrico, ajudando para que as articulações voltem ao normal.

Portanto, a laranja também é muito boa na redução dos cristais no sangue.

4. Limão

Assim como a laranja, o limão é uma ótima fonte de vitamina C. Sendo assim, ajuda na desintoxicação do organismo.

Portanto, se você passar a consumir, todos os dias, o limão espremido na água, em jejum, vai notar resultados não só no controle do ácido úrico, mas em vários outros aspectos de sua saúde.

Continua após a publicidade

5. Cereja para reduzir a taxa de ácido úrico

As cerejas frescas são ótimas contra o excesso de ácido úrico no organismo. Isso pois elas apresentam propriedades anti-inflamatórias.

6. Morango

Também por causa da vitamina C, morangos – assim como mirtilos e framboesas frescas – ajudam a reduzir os cristais no sangue.

Além disso, a fruta também ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

7. Gengibre ajuda a diminuir o ácido úrico do corpo

O gengibre é diurético e conta com propriedades anti-inflamatórias.

Continua após a publicidade

Por isso, além de ser um tempero fantástico para carnes e uma ótima opção para seu chazinho à noite, o gengibre é muito bom também no controle de ácido úrico no organismo.

8. Café

Estudos ainda tentam descobrir qual substância presente no café ajuda a controlar o nível de ácido úrico no organismo.

Todavia, o que já foi observado é que as pessoas que tomam café com mais frequência têm um índice menor do ácido no sangue.

9. Cebola

Em suma, a cebola age como depuradora no corpo, limpando as toxinas e, consequentemente, reduzindo a hiperuricemia.

Continua após a publicidade

Aliás, ela também é uma ótima aliada na redução dos triglicerídeos no organismo.

10. Alho

Esse tempero presente em nosso dia a dia também é um ótimo aliado para quem precisa controlar o ácido úrico. Com efeito, ele ajuda a reduzir também o colesterol e a pressão arterial.

A má notícia, no entanto, é que, para que tenha ação medicinal, o alho precisa ser consumido sozinho.

Assim, o indicado, por exemplo, é amassar dois dentes de alho e colocá-los em um copo com água por 6 horas.

Continua após a publicidade

Posteriormente, é só coar e tomar a mistura, pelo menos, três vezes ao dia.

11. Sementes de abóbora

As sementes de abóbora têm ação diurética. Por isso, atuam na eliminação do excesso de ácido úrico no organismo.

Além disso, as sementes de abóboras torradinhas são um ótimo petisco saudável.

12. Chá verde

O chá verde é rico em um potente antioxidante. Conforme como muitos acreditam, é usado para desacelerar a produção de um tipo específico de enzimas no corpo.

Continua após a publicidade

Além disso, elas estão relacionadas à formação de ácido úrico e, portanto, são muito úteis na redução dos níveis dessa substância.

13. Chocolate amargo

O chocolate amargo apresenta altas taxas de teobrina. A teobromina é um alcaloide de estrutura semelhante à cafeína.

Nesse sentido, o alcaloide de teobromina é muito útil para reduzir os níveis elevados de ácido úrico. Isso pois pode ajudar a relaxar os músculos brônquicos dos pulmões.

Aliás, estudos também mostraram que é mais eficaz do que a codeína, outro tipo de alcaloide, no alívio da tosse.

Continua após a publicidade

14. Pepino

O pepino é um fruto composto por 96% de água. Por isso, ajuda a hidratar o corpo e a eliminar as toxinas.

Portanto, ao consumir receitas com pepino no dia a dia você faz uma desintoxicação do corpo e elimina o excesso de ácido úrico.

15. Tomate

Os tomates são bons para o corpo e seu alto teor de vitamina C pode ajudar a reduzir os níveis de ácido úrico.

16. Alimentos ricos em fibras

Por fim, incluir fibras em sua dieta pode ser de grande ajuda. Como resultado, optar por uma dieta rica em fibras pode ser útil para reduzir o nível de ácido úrico no corpo.

Continua após a publicidade

Aveia, grãos inteiros, vegetais, como brócolis, abóbora e aipo, por exemplo, devem ser incluídos na dieta.

Em outras palavras, esses tipos de alimentos são preenchidos com fibras dietéticas que são extremamente benéficas na absorção do ácido úrico e na sua eliminação do corpo.

O que causa o excesso dessa substância?

Compostos orgânicos chamados purinas são transformados em ácido úrico pela atividade metabólica do corpo. Dessa forma, o ácido úrico é, então, eliminado do corpo pelos rins.

Assim, se essa função for interrompida, como no caso da gota primária, o ácido úrico permanecerá no corpo.

Continua após a publicidade

Portanto, isso significa que o nível de ácido úrico no sangue aumentará. Também absorvemos ácido úrico de nossos alimentos, sobretudo, de produtos de origem animal.

Então, gostou das dicas? Conhece outros alimentos que possam ajudar contra o problema?

Agora, falando em alimentos que atuam a favor de nossa saúde, você precisa conferir ainda: Alimentos que podem aumentar ou estabilizar a pressão arterial.

Fontes: Para os Curiosos, iG, Tua Saúde, Mais Saúde.

Continua após a publicidade

Bibliografia

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE NUTRIÇÃO. Gota: O papel, da alimentação no tratamento da pessoa com gota. 2021. Disponível em: <https://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/EBOOK_O_Papel_daAlimentacao_noTratamento_daPessoa_comGota.pdf>.

CARVAJAL, Carlos. El ÁCIDO ÚRICO: DE LA GOTA Y OTROS MA. Medicina Legal de Costa Rica. 33. 1; 1-8, 2016

SOCIEDAD ESPAÑOLA DE REUMATOLOGÍA. GUÍA DE PRÁCTICA CLÍNICA PARA EL MANEJO DE LA GOTA. 2015. Disponível em: <https://www.ser.es/wp-content/uploads/2015/09/GPCGota13.pdf>.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você