Curiosidades

Quais são os principais deuses nórdicos?

No centro da mitologia nórdica está Yggdrasil, a Árvore da Vida e os seus reinos onde habitam os deuses nórdicos, conheça cada um deles!

Os deuses e deusas nórdicos são o conjunto de divindades cultuadas antigamente pelos escandinavos. Segundo a mitologia nórdica, eles vieram principalmente de duas tribos diferentes, os Aesir e os Vanir, mas foram unidos em seus esforços para lutar contra uma tribo de gigantes que habita outro reino da árvore Yggdrasil.

Desse modo, os principais deuses nórdicos são Baldr, Freya, Freyr, Frigg, Hel, Odin, Tyr, Njord, Thor, Bragi e Loki. Conheça mais sobre cada um deles a seguir.

11 principais deuses nórdicos

1. Odin

A divindade suprema da mitologia nórdica e a maior entre os deuses nórdicos era Odin, o Pai de Todos dos Aesir. Ele é o governante inspirador de Asgard, e imortal mais reverenciado, que estava em uma busca implacável por conhecimento com seus dois corvos, dois lobos e as Valquírias.

Além disso, Odin é o deus da guerra e (de alguma forma) também o deus da poesia e da magia. Famoso por sacrificar um de seus olhos para poder ver o cosmos com mais clareza, sua sede de sabedoria o fez ficar pendurado na Árvore do Mundo, Yggdrasil; por nove dias e nove noites até que ele foi abençoado com o conhecimento do alfabeto rúnico.

Continua após a publicidade

Sua natureza inflexível lhe concedeu a oportunidade de desvendar inúmeros mistérios do universo.

2. Loki

Loki tecnicamente falando não era um deus, mas sim o filho de um Jötunn, ou gigante. No entanto, ele era frequentemente incluído entre os deuses como um igual, se não sempre muito confiável.

Loki era o deus da trapaça, e ele se divertia causando caos e tramando esquemas como raspar os longos cabelos dourados da esposa de Thor, Sif; (mais tarde ele deu a ela uma peruca espetacular que cresceu como cabelo de verdade, que compensou principalmente a façanha).

Além disso, ele foi responsável por enganar o deus cego, Hod, para matar seu próprio irmão com um dardo feito de visco. Como resultado, ele frequentemente alternava entre ser aliado e inimigo dos Aesir, dependendo de seu humor brincalhão.

Continua após a publicidade

3. Frigg

A esposa de Odin, Frigg, era uma figura igualmente poderosa. Ela era a poderosa rainha de Asgard, uma venerável deusa nórdica, dotada do poder da adivinhação e reverenciada como a deusa da fertilidade, da casa, da maternidade, do casamento e de todos os assuntos domésticos.

Ela era a única deusa autorizada a sentar-se ao lado de seu marido todo-poderoso. Frigg era uma mãe muito protetora para seus filhos e fazia de tudo para tentar protegê-los do perigo.

4. Baldr

Frigg e Odin eram os pais de Baldr, que foi descrito como vivendo entre o céu e a terra. Baldr era o epítome do esplendor, beleza, bondade e justiça. Acreditava-se que ele era imortal, graças aos valentes esforços de sua mãe, mas foi morto com a única coisa que sua mãe não esperava representar uma ameaça: visco.

5. Thor

Thor era o filho mais conhecido de Odin, e ele é sem dúvida o mais famoso dos deuses nórdicos hoje em dia. Ele era o protetor da humanidade e o poderoso deus do trovão que empunhava um martelo chamado Mjöllnir. Entre os deuses nórdicos, ele era conhecido por sua bravura, força, poderes de cura e retidão, bem como por seu temperamento terrível!

Continua após a publicidade

6. Freya

Freya era uma das deusas nórdicas mais populares, e por boas razões! Além disso, ela estava fortemente associada à fertilidade, assim como Frigg, mas enquanto as conexões de Frigg com esse domínio também estavam ligadas à sua natureza como Mãe de todos, Freya era a deusa do amor e da beleza.

Originalmente, Freya era um dos Vanir, mas ela veio para os Aesir junto com seu pai e irmão gêmeo como reféns após uma grande guerra entre os Aesir e os Vanir. Desse modo, ela e seus companheiros cativos foram rapidamente aceitos, porém, e se tornaram Aesir honorários.

7. Freyr

Como sua irmã gêmea, Freya, Freyr estava associado à fertilidade, mas de uma maneira muito diferente. Freyr era o deus da agricultura e da colheita, tornando-o um deus extremamente importante para se manter feliz!

8. Njord

Freyr e pai de Freya, Njord também era um Aesir honorário tirado dos Vanir, e por boas razões! Njord era o deus do mar e, por extensão, da riqueza – tornando-o um dos deuses mais reverenciados pelos vikings marítimos.

Continua após a publicidade

9. Hel

Hel era filha de Loki, e a deusa e governante do submundo nórdico de mesmo nome (também conhecido como Hela ou Helheim). Ela tem a pele pálida e parece ser semelhante à morte.

Aliás, Hela nutriu e abrigou qualquer um que entrasse em seu reino – e havia alguns poucos. Helheim era o lar dos ‘mortos desonrosos’ – qualquer um que morresse de velhice ou doença acabaria lá, enquanto aqueles que morreram heroicamente se juntariam a Odin em Valhalla.

10. Tyr

A divindade da guerra e da glória heróica, Tyr era considerado o mais bravo dos deuses nórdicos. Embora não saibamos muito sobre ele, uma parte fundamental de seu legado mítico é seu papel na ligação de Fenrir, um lobo monstruosamente enorme (e outro dos outros filhos de Loki).

A fim de manter Fenrir no lugar por tempo suficiente para ele ser amarrado em uma corrente inquebrável, para que ele não pudesse continuar comendo, Tyr enfiou a mão na boca do lobo, permitindo que sua mão fosse mastigada enquanto os outros deuses rapidamente terminou de amarrar Fenrir. Uma demonstração verdadeiramente notável de coragem e valentia.

Continua após a publicidade

11. Bragi

Por fim, Bragi era o deus da eloquência e da poesia – embora não fosse um deus extremamente influente, era amplamente elogiado como o bardo da corte dos deuses.

Yggdrasil e os nove mundos

Na mitologia nórdica, Yggdrasil – a Árvore da Vida – toca todas as partes do universo. Seus ramos e raízes se conectam aos Nove Mundos: Asgard, Álfheim, Niðavellir, Midgard, Jötunheimr, Vanaheim, Niflheim, Muspelheim e Hel.

O nome Yggdrasil provavelmente significa Cavalo de Odin, rei dos deuses nórdicos, em nórdico antigo, que é o equivalente à forca de Odin. Esta seria uma referência direta a uma história na mitologia nórdica sobre Odin se enforcando na árvore para obter conhecimento das runas.

Neste caso, Yggdrasil é interpretado como uma combinação de Yggr, que significa terror e foi um dos muitos nomes dados a Odin, e drasill, que significa cavalo.

Continua após a publicidade

Então, gostou de conhecer os deuses nórdicos? Pois, saiba mais sobre os nove reinos da mitologia nórdica, leia também: Quais são os mundos da mitologia nórdica?

Não deixe de assistir também:

Fonte: Superinteressante

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você