História

Fênix: lenda e significado da ave mitológica que ressurge das cinzas

A lenda por trás de um dos seres mitológicos mais conhecidos. Conheça a Fênix, esse passáro que inspira história há muitos séculos

Em primeiro lugar, a fêniz é um pássaro da mitologia grega que ressurge das cinzas após uma morte por auto-combustão. Além disso, tem como símbolo a força, permitindo que este carregue cargas pesadas enquanto voa. Curiosamente, existem lendas relacionadas ao ser mitológico carregando até elefantes.

No geral, a fênix é um popular pássaro de fogo, presente nas histórias cinematográfica e, também, na cultura mitológica. Ademais, alguns relatos escritos afirmam que o tempo de vida deste animal mitológico é de quinhentos anos. Por outro lado, a lenda ainda afirma que quem possuir sua lágrima, pode curar qualquer doença.

Acima de tudo, entre suas características marcantes, estão suas penas douradas e vermelho-arroxeadas. Desse modo, a fênix é considerada o símbolo do recomeço, marcando um novo ciclo e sinalizando a imortalidade da alma. Por fim, vamos conhecer mais sobre a história da fênix?

Significado da fênix

Primeiramente, a fênix é representada em diferentes povos, sendo que em cada uma delas possui distintos simbolismos. Pelas características do pássaro, os egípcios acreditavam representar a alma de Rá, o Deus do Sol. Ainda nessa referência ao sol, há também os povos antigos. Para eles, logo que ela morria, ao final de cada dia, era o sol indo embora. O renascimento vinha logo pela manhã.

Já a referência ao pássaro de fogo veio dos russos, pois acreditavam que a fênix vivia em chamas. Além disso, nos primeiros depoimentos, a fênix representava o renascimento. Já nos mais recentes, é o simbolismo da persistência e da vitória.

Origem na mitologia

Talvez você já ouviu falar, também, dos mitos das aves voadoras e com diversos poderes mágicos. Essas representavam diversas características humanas.

Continua após a publicidade

Para os cristãos, o simbolismo do renascimento e sacrifício é associado ao pelicano. Nos países asiáticos, é representado pelo dragão. Enquanto que na civilização asteca, é a serpente emplumada, Quetzalcóatl. Abaixo vamos descrever algumas mitologias que contam a história da fênix.

1) O pássaro no Egito

Rá é o Deus do Sol na cultura egípcia, que vivia em um templo em Heliópolis. Na história existe o relato que é no altar deste templo que o pássaro Bennu queimava e renascia das próprias cinzas.

No Egito, defende-se a ideia que o pássaro Bennu é quem deu origem a fênix. O poeta grego Hesíodo afirmou que a fênix vivia nove vezes. Esse é o mesmo tempo de existência de um corvo.

2) Roma

Primeiramente, a atual descrição da fênix que conhecemos hoje, no mundo ocidental, veio de Tácito, Ovídio e Plínio. É a famosa ave que ressurge das cinzas. Assim se tornou também a definição do cristianismo, que é a ressurreição e vida após a morte.

Em Roma existem duas referências ao mito que chamam bastante atenção. Primeiramente, as características do pássaro tornavam o império imortal. Além disso, o imperador também queria ser imortal e, por isso, comeu a carne da fênix.

3) China

Entre os chineses também há o mito do pássaro de fogo. A ave Fenghuang também é muito bonita e marcante, com suas cinco cores sagradas. Por fim, entre os simbolismo da ave,  está a boa sorte, felicidade, lealdade, inteligência e liberdade.

Continua após a publicidade

4) O pássaro na Pérsia

Farīd ad-Dīn ʿAṭṭār (1142-1221) foi um poeta sufi que, em 1177, escreveu a obra “A Conferência dos Pássaros”. De acordo com o escritor “Na Índia vive um pássaro que é único: a encantadora fênix tem um bico extraordinariamente longo e muito duro, perfurado com uma centena de orifícios, como uma flauta”. Quando ela sente aproximar-se o momento de retirar o seu coração do mundo, e todos os indícios lhe confirmam que deve partir, constrói uma pira reunindo ao redor de si lenha e folhas de palmeira”.

Assim identificamos por esse trecho que, diferentemente de outras aves, ela já está preparada para a sua morte e renascimento.

Cultura popular e significados

Com toda a certeza as diversas representações da fênix são bem famosas, em especial pelo símbolo que representa. Então sempre que há a oportunidade algum diretor de cinema quer aproveitar seu simbolismo nos filmes. Por exemplo, ela surge nos filmes: Megaman X6, As Crônicas de Nárnia, Harry Potter, Seres do Além, Fantasia 2000, Os Cavaleiros do Zodíaco.

Sobretudo, a fênix é um símbolo também do renascimento, o triunfo da visa sobre a morte, o eterno recomeçar. Porém, nesse procsso não há perda da essência porque se trata sempre da mesma criatura. Além disso, ainda representa a vida e seus ciclos, a esperança e a superação dos desafios.

E aí, curtiu a matéria sobre a Fênix? Então leia sobre: Anúbis – Origem e história do deus dos mortos na mitologia egípcia.

Continua após a publicidade

Fontes: Ah, Duvido; InfoEscola; Super Interessante; Toda Matéria.

Próxima página »

Escolhidas para você