Ciência & Tecnologia

Quantos bilhões de pessoas a Terra é capaz de suportar?

Existem quase 8 bilhões de pessoas vivendo na Terra hoje, mas será que nosso planeta pode suportar ainda mais gente?

Décadas atrás, as atividades humanas cruzaram o limiar de ‘autocura’ do planeta, quando o impacto de nossa civilização começou a consumir recursos muito além da capacidade do meio ambiente de reabastecê-los. Mas, quantos bilhões de pessoas a Terra é capaz de suportar?

Para responder essa pergunta, primeiro, temos que voltar aos seus primórdios. Muito provavelmente, com base no que a ciência conseguiu determinar até agora, o Homo sapiens apareceu pela primeira vez cerca de 300.000 anos atrás. Até então, nossa população total era muito pequena, os especialistas estimam entre 100 e 10.000 pessoas.

Tudo começou a ganhar mais ritmo com a invenção da agricultura, entre 15.000 e 10.000 anos atrás. Naquela época havia entre 1 e 10 milhões de indivíduos na Terra, mas a população humana levou apenas 1.500 anos para dobrar. Depois disso, levou apenas 300 para dobrar.

Tendência do século XX

De 1930 a 1974, a população da Terra dobrou novamente, e sim, em apenas 44 anos. Nesse sentido, sabe-se que o crescimento da população mundial atingiu seu pico na década de 1960 e vem desacelerando desde então.

Continua após a publicidade

Embora em 1950, a taxa média de natalidade fosse de 5,05 filhos por mulher, segundo a Divisão de População da ONU, e em 2020 caiu para 2,44 filhos por gestante.

Crescimento populacional

Olhando para o futuro, espera-se que em 2023 a população mundial atinja oito bilhões, com o que o tempo de duplicação será de 49 anos, e salvo imprevistos, espera-se que em 2100 a população do planeta se estabilize entre dez e doze bilhões de habitantes.

Esta estabilização seria o sintoma de uma dura realidade biológica: a capacidade de suporte da Terra está restringindo a população humana: a população morrendo prematuramente, de fome e doença, compensa a taxa de natalidade.

Implicações ecológicas

Além da comida, outro ponto importante são as emissões de carbono. Atualmente, a média global de emissões de carbono por pessoa é de 5 toneladas. Mas no caso dos habitantes americanos, os números chegam a 17 toneladas por habitante.

Continua após a publicidade

Portanto, se mais 3 bilhões de pessoas chegarem a este planeta e adotarem um estilo de vida semelhante ao de um americano, os efeitos sobre o aquecimento global poderão ser devastadores.

De fato, a temperatura da Terra está projetada para aumentar em dois graus Celsius até o final deste século 21. E isso levaria a condições climáticas muito mais extremas, o que interromperia a produção de alimentos.

Além disso, não devemos esquecer a água. Atualmente, os humanos usam 30% da água renovável e acessível da Terra, enquanto o restante é usado para a agricultura. No entanto, em alguns países, a água disponível não é suficientemente limpa para beber.

Afinal, quantas pessoas a Terra suporta?

O número de pessoas que a Terra pode suportar, em última análise, não é um número fixo. São tantas as variáveis ​​que estudos e pesquisas só podem especular possibilidades.

Continua após a publicidade

Por exemplo, e de fato já estamos vendo, a maneira como nós humanos produzimos e consumimos os recursos naturais afeta a maneira como nosso meio ambiente será capaz de sustentar as populações futuras. A resposta estará lá, no modo de produção e consumo, em quem tem acesso a quê e como.

Fontes: Terra, Ambiente Brasil, Tempo

Leia também:

O que é La Niña e como altera o clima? 10 fatos sobre o fenômeno

Continua após a publicidade

Mudanças climáticas podem fazer país na Oceania desaparecer

Mudanças climáticas afetarão 7 vezes mais os bebês recém-nascidos

Quais são as medidas necessárias contra a mudança climática?

Como as alterações climáticas podem alterar a cor dos oceanos

Continua após a publicidade

Fim do mundo, cientistas calculam as datas prováveis de um apocalipse

100 segundos para o fim do mundo: como ler o relógio do Juízo Final?

Próxima página »

Escolhidas para você