Ciência & Tecnologia

Quantos planetas existem no Sistema Solar?

Você sabe quantos planetas existem atualmente no sistema solar? De acordo com a NASA, são oito. Porém, há a possibilidade de que um nono exista.

Existem 8 planetas em nosso sistema solar: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Plutão, um planeta anão, foi classificado como um dos planetas do sistema solar quando foi descoberto por Clyde Tombaugh.

No entanto, agora é considerado um dos maiores membros conhecidos do Cinturão de Kuiper – uma coleção de corpos gelados nas margens externas do sistema solar.

Desse modo, Plutão foi rebaixado de seu status planetário em 2006, quando um corpo de cientistas decidiu uma definição formalizada para o termo “planeta”.

Mas afinal, o que pode ser considerado um planeta?

De acordo com a definição da União Astronômica Internacional, um planeta é um corpo celeste que:

Continua após a publicidade
  • Estar em órbita ao redor do Sol;
  • Ter massa suficiente para que sua autogravidade supere as forças de corpo rígido de modo que assuma um equilíbrio hidrostático;
  • Limpar a vizinhança em torno de sua órbita, ou seja, ser um corpo celeste dominante.

Como Plutão faz parte do Cinturão de Kuiper e, portanto, não atendeu ao terceiro critério, não é mais considerado um planeta. Em vez disso, é classificado como um planeta anão. Outros planetas anões incluem Ceres, Haumea, Makemake e Eris.

Com uma atmosfera, características de superfície rígidas e pelo menos cinco luas, Plutão é o planeta anão mais complexo que conhecemos e um dos planetas mais surpreendentes do sistema solar. Além disso, os cientistas continuam a descobrir detalhes surpreendentes sobre este mundo distante.

Continua após a publicidade

O Planeta X

O Planeta X é um planeta hipotético que pode (ou não) existir além de Netuno e de Plutão. Acredita-se que o Planeta X ou Nibiru esteja localizado em algum lugar dentro do Cinturão de Kuiper, mas além de muitos objetos pequenos que foram localizados lá até agora, ainda não houve descoberta de um objeto do tamanho de um planeta.

No entanto, isso não os impede de continuar a busca. Desenvolvimentos recentes levam os cientistas a acreditar que é apenas uma questão de tempo até que encontrem outro planeta nos confins do nosso sistema solar, principalmente na região do Cinturão de Kuiper.

Continua após a publicidade

O Planeta X, segundo pesquisadores do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórnia), nos Estados Unidos, pode ter uma massa cerca de dez vezes maior que a da Terra e um tamanho equivalente a Urano ou Netuno.

Em média, a órbita estimada é quase 20 vezes mais distante do nosso Sol do que a de Netuno (que orbita o Sol a uma distância média de 2,8 bilhões de milhas).

Portanto, levaria entre 10.000 e 20.000 anos para Nibiru completar um ciclo completo ao redor do Sol (onde Netuno completa uma órbita aproximadamente a cada 165 anos).

Atualmente, apenas Nibiru está sendo teorizado e pesquisado, mas ainda há uma grande distância entre Netuno e a borda do nosso sistema solar que permanece inexplorada. Portanto, pode haver muitos Planetas X por aí que estão apenas esperando para serem descobertos.

Continua após a publicidade

Então, se você gostou dessa matéria, poderá saber mais sobre o assunto em: Plutão – Características, luas e curiosidades do ex-planeta anão.

Imagens: Olhar Digital; Só Biologia; Tecnoblog; Toda Matéria; Hypescience, Exame, Tecmundo

Próxima página »

Escolhidas para você