Listas

Raças de cachorro pequeno: conhece as 25 mais populares?

Raças de cachorro pequeno são uma das mais procuradas por quem tem pouco espaço, mas quer ter um animal de estimação em casa

As raças de cachorro pequeno são ótimas opções para quem não tem muito espaço. Isso, devido ao fato de elas se caracterizarem por apresentarem cães que pesam até 10 kg e medem de 15 cm a 45 cm de altura (da pata até os ombros, a chamada “cernelha”).

Além disso, os cachorros pequenos são mais fáceis de transportar, o que, de certa forma, agrada àqueles que gostam de levar os pets para muitos lugares diferentes.

Neste artigo, iremos apresentar algumas dessas raças pequenas de cachorros, para ajudar quem quer conhecer melhor sobre o assunto.

Quais as raças de cachorro pequeno?

De modo geral, as raças de cachorro pequeno é muito buscada, já que nem todo mundo tem um espaço disponível em casa para acomodarem os bichinhos.

Mas como saber quais são as raças de cachorro pequeno? Consideram-se as raças pequenas aquelas as quais os cachorros alcançam até 10 kg e têm de 15 a 45 cm de altura – medindo das patinhas até os ombros.

Raças populares de cachorro pequeno

1 – Poodle

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Continua após a publicidade

Os poodles são, talvez, uma das raças de cachorro pequeno mais populares do Brasil. No entanto, se você quer a versão pequena do cão deve procurar pelo Toy ou pelo Micro Toy, que não passam de 30 cm.

Por conta do tamanho, eles são ótimas opções para quem mora em apartamento. Além disso, são cachorros amorosos e ciumentos.

Ademais, os poodles são cãezinhos muito fofos e conquistam diversos tipos de gente.

2 – Pinscher

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Os pinschers estão entre os menores cães do mundo, então, de você procura uma raça de cachorro pequeno, essa é a ideal. Alguns exemplares da raça nem sequer passam dos 25 centímetros.

Ademais, o latido fino e o jeito enérgico e curioso são características marcantes da raça. Por isso, essa raça é pouco indicada para apartamentos, pois esses cãezinhos necessitam de espaço para suas atividades.

Continua após a publicidade

3 – Yorkshire Terrier

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Essa é a raça perfeita para quem quer um cachorro pequeno e peludo, uma vez que a média de tamanho deles é de 25 cm. Todavia, os yorkshires são carentes e enciumados, então é normal que peçam carinho de seus donos.

E, assim como os pinschers, os yorkshires necessitam de espaço ou de estímulos para gastarem sua energia.

4 – Shih-Tzu

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Além de pequenos e peludos, os shih-tzu adoram brincar e são muito enérgicos. Por isso, são uma ótima pedida para quem tem crianças em casa.

Essa também está entre as raças de cachorro pequeno que não cresce muito, com um tamanho médio de 30 cm.

Continua após a publicidade

5 – Maltês

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Essa é outra das raças de cachorro pequeno e peludo para os amantes desse combo. Em suma, são cães muito dóceis e que adoram colo.

Além disso, esses cãezinhos podem medir, em média, 25 cm.

6 – Pug

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

O focinho achatado e todas aquelas dobrinhas são características marcantes da raça. Além disso, eles são muito apegados aos donos e uma ótima pedida para quem mora sozinho.

Diferentemente de algumas das raças listadas, os pugs lidam bem com espaços pequenos, já que não são muito energéticos.

Continua após a publicidade

Por fim, sua média de altura é de 30 cm.

7 – Lhasa Apso

Essa é outra raça peludinha. O lhasa apso além de muito dócil é superfiel aos tutores. Os seus pelos, que são abundantes, precisam ser escovados com frequência.

O tamanho médio dessa raça é de 25 cm. E como os pugs, os lhasas também se adaptam bem a ambientes pequenos.

8 – Bulldog Francês

Raças de cachorro pequeno - 20 que não crescem quase nada

Essa raça é para aqueles que querem um verdadeiro companheiro e que tem tempo para se dedicar a eles, pois o bulldog francês não gosta de ficar sozinho.

Continua após a publicidade

Além isso, eles também precisam de alguns cuidados especiais, para que não desenvolvam problemas respiratórios ou de pele. Porém, é de fácil adaptação a espaços pequenos.

A altura média dessa raça é de 35 cm.

9 – Bulldog Inglês

25 raças de cachorros pequenos, que não crescem quase nada

Muito parecido com o anterior, o bulldog inglês é supercarinhoso e companheiro, gosta sempre de estar próximo dos donos.

Além disso, são cãezinhos muito tranquilos e, por isso, não costumam latir com frequência. Dessa forma, é uma boa opção para apartamentos.

O tamanho médio deles é de 35 cm.

Continua após a publicidade

10 – Dachshund

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

O nome pode parecer difícil, mas nós só estamos falando do cão “salsicha”, é assim que ele é conhecido popularmente.

Essa é uma das raças mais comuns do Brasil e, certamente, isso se deve ao fato de serem fiéis e muito protetores, além do tamanho deles, que é, em média, de 40 cm.

11 – Lulu da Pomerânia

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

O lulu da pomerânia também é conhecido como spitz alemão anão e se destaca pela sua aparência: ele conta com uma altura de 25 cm, em média, e apresenta lindos pelos compridos.

Além disso, essa raça é muito brincalhona e gosta muito de ficar com o tutor.

Continua após a publicidade

12 – Pequinês

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

O pequinês tem sensibilidade ao calor, então, é ideal para aqueles que vivem em apartamentos ou que querem um animal para ficar dentro de casa.

Os cães da raça são carinhosos e independentes, mas também podem ser teimosos.

Por fim, esses cachorrinhos tem uma altura média de 20 cm.

Mais raças de cachorro pequeno

13 – Chihuahua

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

Essa é a menor raça de cachorro do mundo. Os chihuahuas, aliás, não costumam passar dos 20 centímetros.

Continua após a publicidade

A propósito, são excelentes para quem mora em locais pequenos. Os cachorros da raça são enérgicos e gostam de ser mimados.

14 – Fox Paulistinha

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

Essa é uma raça de cachorro brasileira e é conhecida também como terrier brasileiro. O animal, em suma, mede, no máximo, 40 centímetros e é muito carinhoso e inteligente.

Como é um bichinho muito agitado, não é recomendável criá-lo em locais pequenos.

15 – Bichon Frisé

Conheça 20 raças de cachorro pequeno e escolha qual o seu favorito

Essa é uma raça de cachorro para quem ama cachorros peludos. O bichon frisé é muito alegre e apegado ao dono. Além disso, adora brincar e, por essa razão, é importante promover atividades para que ele gaste suas energias.

Continua após a publicidade

Esses cãezinhos tem um tamanho médio de 30 cm.

16 – Beagle

Os beagles são cães amigáveis, carinhosos e brincalhões. Acima de tudo, são excelentes para quem busca um bom companheiro para se divertir.

Eles também são bem enérgicos e necessitam de estímulos para gastar sua energia.

Essa raça atinge uma altura de até 38 cm.

17 – Basset Hound

Continua após a publicidade

O basset, em suma, é um cão tranquilo e sociável. Por isso, é uma boa escolha para aqueles que já têm um animal em casa. E, sobretudo, para quem tem crianças.

Esses cachorrinhos podem chegar a medir até 38 cm de altura.

18 – Spaniel Anão

Raças de cachorro pequeno - 20 que não crescem quase nada

Essa raça de cachorro pequeno é bastante popular no Brasil, provavelmente, em virtude de seu temperamento carinhoso, embora seja teimoso às vezes.

Os spaniels anões medem, em média, 25 cm.

19 – Shiba Inu

Continua após a publicidade

O shiba é um cão muito companheiro e que adora passear. Por este motivo, ele é excelente para aqueles que não querem um cachorro tão pequeno, mas também não tão grande.

O animal pode chegar até 43 centímetros e são amigos fiéis e adaptáveis.

Mais alguns cachorros pequenos

20 – Cavalier King Charles Spaniel

Em seguida temos outro cachorro peludinho e pequeno para quem ama o combo. Os cães dessa raça são amorosos e gostam de brincar, além de terem uma pelagem que dão um charme encantador.

A altura dele é, em média, de 30 cm.

21. Papillon

Raças de cachorro pequeno - 20 que não crescem quase nada

Continua após a publicidade

O Papillon é uma raça de cachorro pequeno ideal para quem tem crianças em casa. Além de ser um amigo leal e adorável, ele é supercalmo e, portanto, um excelente cão de guarda.

Essa raça pode medir até 30 cm.

22. Griffon de Bruxelas

Raças de cachorro pequeno - 20 que não crescem quase nada

Eles podem ser em quatro cores – vermelho, marrom preto e avermelhado, bem como preto e castanho e preto, e podem ter uma pelagem lisa ou áspera.

Ademais, os cães dessa raça são confiantes e fáceis de treinar, além de muito fofos e dóceis.

Os griffons podem atingir uma altura de até 30 cm.

Continua após a publicidade

23. Cockapoo

O Cockapoo é uma mistura de Cocker Spaniel Inglês com Poodle. Desse modo, este pet pequeno e fofinho, é uma excelente companhia para quem mora em lugares pequenos.

E o mais importante, ele também é muito companheiro, inteligente e adaptável.

Esses cãezinhos podem medir até 46 cm.

24. Chin Japonês

Um companheiro encantador, este cachorro também é de raça pequena. Curiosamente, este cachorro exótico, gracioso e relativamente quieto, é sensível às emoções de seus donos e normalmente exibe uma natureza calma.

Continua após a publicidade

Essa raça apresenta um tamanho de até 27 cm.

25. West Highland White Terrier

Raças de cachorro pequeno - 20 que não crescem quase nada

Certamente, o West Highland White Terrier é uma das raças mais amadas do mundo. Ele é branco, peludo e se dá muito bem com crianças e com outros animais de estimação, inclusive gatos.

Esses cãezinhos tem a altura média de 25 cm.

Bônus de raça de cachorro pequeno: Vira-lata

Closeup foto adorável cão vira-lata cão de foto de arte Foto Premium

Os cãezinhos sem raça definida também são excelentes opções para quem deseja um cachorro pequeno.

Continua após a publicidade

No entanto, os vira-latinhas são um pouco imprevisíveis, por isso é recomendável adotá-los já adultos, para que não exista o risco de eles crescerem mais do que o esperado.

No Brasil, temos nosso vira-lata caramelo (e os de todas as outras cores), que é amado por muitos e podem ser facilmente adotados em abrigos ou mesmo nas ruas. Ou seja, um bem para os bichinhos e para os tutores.

Raças de cachorros pequenos e peludos

Quem gosta de bichinhos peludos vai curtir a lista a seguir:

  • Poodle
  • Maltês
  • Shih Tzu
  • Lulu da Pomerânia ou Spitz Alemão Anão
  • West Highland White Terrier
  • Pequinês
  • Papillon
  • Yorkshire Terrier
  • Bichon Frisé
  • Lhasa Apso
  • Cavalier King Charles Spaniel

Menor cachorro do mundo

O menor cachorro do mundo se chamava Miracle Milly e era uma fêmea. Ela era da raça chihuahua e, infelizmente, faleceu em 2020.

A Miracle chegou a fazer parte do Guinness Book, por medir 9 cm.

Além dos chihuahuas, as outras menores raças que existem são o Micro Yorkshire Terrier e o Spitz Alemão Anão.

Continua após a publicidade

10 nomes de cachorros pequenos

Quem adotou um cachorrinho, mas ainda não decidiu que nome dar a ele, trazemos esta lista para auxiliar você:

  • Boo
  • Bruce
  • Flik
  • Luke
  • Max
  • Oreo
  • Rocco
  • Sammy
  • Vader
  • Vênus

O importante ao escolher o nome do seu bichinho é que seja curto e fácil de ser assimilado por ele, pois assim poderá te atender sempre que chamar.

Cuidados com cachorros pequenos

As raças de cachorro pequeno têm alguns cuidados que não podem ser desprezados pelos tutores, por isso, acompanhe a seguir.

Tosa

Esta dica é, principalmente, para os tutores de cãezinhos peludos. É muito importante levar os bichinhos para tosar, sobretudo, em períodos de calor.

No entanto, não é apenas o calor que pode incomodar o cachorro. Quando os pelos ficam muito longos nas patas, dificulta a locomoção, pois fica escorregando.

Cuidados com frio

Na época de frio, também é necessário se atentar à proteção de seu pet, principalmente, porque os cães pequenos não são muito resistentes às baixas temperaturas.

Continua após a publicidade

Por isso, fornecer um lugar aquecido ou, até mesmo, utilizar roupinhas nos cães de pelo curto podem ser boas alternativas.

Ração adequada para cachorro pequeno

Assim como os demais cachorros, é importante que o tutor observe com atenção as indicações das embalagens ou do veterinários, quanto à idade, porte e outras características que demandem mais precaução.

Doenças comuns às raças de cachorro pequeno

Embora os cãezinhos pequenos costumam ter uma expectativa de vida maior que a dos demais, eles devem ser cuidados com atenção e carinho e, assim, poderão atingir até 16 anos.

Algumas enfermidades são mais comuns nas raças pequenas, observe a seguir.

Colapso traqueal em cachorro pequeno

Mesmo que com causas desconhecidas, as raças de cachorro pequeno, em geral, tendem a ter um enfraquecimento da cartilagem da traqueia, acarretando no achatamento das vias respiratórias e na dificuldade da passagem de ar.

Luxação da patela em cachorro pequeno

Pelo fato de os cachorros menores serem mais frágeis, as suas articulações podem sofrer lesões, podendo levar a um deslocamento nos tendões dos joelhos.

Continua após a publicidade

Se o seu bichinho começar a mancar ou a levantar a pata, é importante levá-lo ao veterinário, pois é um indicativo de luxação.

Síndrome braquicefálica em cachorro pequeno

Conforme já mencionado anteriormente, os cães pequenos costumam ter o focinho achatado, por conta do tamanho reduzido de suas cabeças.

Algumas raças, como Pug, Bull Dog Francês, Shih Tzu, Boston Terrier, Pequinês, Lhasa Apso, por exemplo, são denominados de braquicefálicos, em virtude dos focinhos achatados, que dificultam a respiração.

Consequentemente, pode-se notar que alguns cachorros fazem um som semelhante ao ronco quando estão respirando.

O maior problema dessa condição é a possibilidade de hipertermia, excesso de calor no corpo, quando o tempo está quente. Isso ocorre, porque os cães fazem a troca de calor pelo focinho e, por não conseguirem fazer isso da forma mais efetiva, pode haver um aumento de temperatura.

Gostou desta matéria? Então, leia a seguir: 14 raças de cachorros baratas para quem ama pet, mas não tem grana.

Continua após a publicidade

Fonte: Perito Animal, Maiores e Melhores, Petz

Próxima página »

Escolhidas para você