O que a cor das fezes indica sobre a saúde?

Você sabia que a cor das fezes pode indicar o estado de saúde de seu corpo? Saiba identificar essas cores e o que elas indicam! Leia!

O que a cor das fezes indica sobre a saúde?

A cor das fezes pode indicar se o sistema gastrointestinal está funcionando perfeitamente, ou não. Por isso é muito importante observar não apenas a cor, mas também a textura, formato, e até o cheiro. Assim, constatando doenças antecipadamente.

Como a produção de fezes, é algo normal e fisiológico de cada indivíduo, a alteração de suas características, pode ser um sinal de alerta. Ou seja, pode indicar que algum problema digestivo ou intestinal, ligados à má alimentação ou estresse. Ou até mesmo algumas doenças como, hepatite, gastrite, úlcera gástrica e tumor.

Normalmente, as fezes apresentam uma cor marrom, nem muito escura, nem muito clara. Porém, alguns alimentos digeridos podem alterar as características e cor das fezes. Entre eles está a beterraba, que após a digestão, deixa as fezes avermelhadas. Da mesma forma verduras ou legumes verdes, que deixam as fezes esverdeadas

Outro exemplo seria situações de estresse. Portanto, ao notar qualquer alteração na cor das fezes, que dure mais de três dias, procure por orientação médica.

Continua após a publicidade

Formas e textura das fezes

Todo alimento consumido passa por vários processos ao longo do sistema gastrointestinal. As sobras não absorvidas se misturam com secreções intestinais, como a bile, formando, assim, o bolo fecal. Ou seja, o cocô, que são eliminadas naturalmente pelo organismo.

As fezes são constituídas por 75% de água, que são misturadas às bactérias fecais, células intestinais, fibras e muco. Portanto, evacuar entre três vezes ao dia ou três vezes por semana, é considerado como funcionamento normal do intestino.

Continua após a publicidade

Para saber se as fezes estão normais, foi criado em 1997 uma tabela classificatória, chamada de Escala de fezes de Bistrol. A escala é dividida em 7 tipos de fezes, que são analisadas de acordo com a velocidade do trânsito intestinal.

De acordo com a escala Bristol temos sete tipos :

Continua após a publicidade
  •  1- Pedaços separados e duros
  •  2- Forma de salsicha com segmentos
  •  3- Forma de salsicha com fendas
  •  4- Forma de cobra lisa e mole
  •  5- Pedaços moles com contorno nítido
  •  6- Pedaços aerados
  • 7- Aquoso, líquido

Tanto o tipo 1 e 2 acontecem quando a pessoa é propensa à constipação intestinal, ou seja, tem um trânsito intestinal muito lento. Já os tipos 3, 4 e 5 são considerados como normais. Sendo que o tipo 4 é o modelo mais saudável das fezes.

Por fim, temos os tipos 6 e 7, que são considerados como diarreia, ou seja, o trânsito intestinal é muito acelerado. Por isso, não absorve a água e os nutrientes totalmente.

Portanto, as fezes são consideradas normais quando são sólidas, tem forma de salsicha, são úmidas e de coloração marrom. Contudo é importante não causar dor para sair e não apresentar algum tipo de muco ou sangue.

O que cada cor das fezes pode indicar sobre a saúde?

1. Fezes claras

Fezes brancas ou esbranquiçadas podem indicar uma obstrução dos dutos biliares, o que pode ser causado por uma variedade de condições, incluindo cálculos biliares, inflamação ou infecção do fígado, entre outras. A bile é um líquido produzido pelo fígado que é armazenado na vesícula biliar e liberado no intestino delgado para ajudar na digestão de gorduras e absorção de nutrientes. Quando há uma obstrução dos dutos biliares, a bile não é liberada corretamente, o que pode levar a fezes brancas ou esbranquiçadas.

Continua após a publicidade

Além disso, a cirrose hepática também pode causar fezes claras, uma vez que a doença pode afetar a produção de bile. É importante procurar um médico se as fezes estiverem brancas ou esbranquiçadas, pois isso pode indicar um problema de saúde sério.

2. Fezes escuras

Fezes escuras podem indicar sangramento no trato gastrointestinal superior, como no estômago ou no esôfago. Isso ocorre porque o sangue digerido pode mudar a cor das fezes, tornando-as mais escuras. Outra possível causa de fezes escuras é o consumo excessivo de alimentos escuros ou suplementos de ferro.

No entanto, também é importante ressaltar que fezes escuras não necessariamente indicam um problema de saúde. Por exemplo, algumas pessoas têm fezes naturalmente mais escuras, especialmente se consomem muita fibra na dieta. Portanto, se as fezes estiverem consistentemente escuras, é importante procurar um médico para descartar qualquer problema de saúde subjacente.

3. Fezes avermelhadas

Fezes avermelhadas podem indicar a presença de sangue no trato gastrointestinal inferior, como no cólon ou no reto. O sangue pode ser vermelho brilhante ou escuro, dependendo de onde ocorre o sangramento e do tempo que o sangue leva para percorrer o trato gastrointestinal.

Continua após a publicidade

Algumas possíveis causas de sangramento nas fezes incluem hemorroidas, fissuras anais, diverticulite, pólipos intestinais e câncer colorretal. É importante procurar um médico imediatamente se as fezes estiverem avermelhadas ou se houver sangue visível nas fezes ou no papel higiênico após a limpeza, pois isso pode ser um sinal de um problema de saúde mais sério.

4. Fezes verdes

Fezes verdes podem ser um sinal de que a comida está passando pelo trato gastrointestinal muito rapidamente, não permitindo que a bile seja completamente quebrada e absorvida. A bile é um líquido produzido pelo fígado que ajuda na digestão de gorduras e que normalmente é de cor esverdeada. Quando a digestão ocorre muito rapidamente, as fezes podem sair com uma cor verde, indicando a presença de bile não digerida.

Além disso, a ingestão de alimentos verdes, como espinafre, couve e brócolis, pode afetar a cor das fezes, deixando-as mais verdes. Em geral, fezes verdes não são motivo de preocupação, especialmente se forem um evento isolado e não acompanhado de outros sintomas. No entanto, se as fezes verdes estiverem associadas a outros sintomas, como diarreia, dor abdominal ou febre, é importante consultar um médico.

5. Fezes amarelas

Fezes amarelas podem ser um sinal de um problema de saúde subjacente. Uma possível causa é a falta de bile no trato gastrointestinal, o que pode ocorrer quando o fígado não está produzindo bile suficiente ou quando há uma obstrução dos dutos biliares. A bile é responsável por ajudar na digestão de gorduras e também dá às fezes sua cor normal.

Continua após a publicidade

Outra possível causa de fezes amarelas é a má absorção de gorduras na dieta, o que pode ser um sinal de uma condição subjacente, como a doença celíaca ou a síndrome do intestino irritável. Além disso, a ingestão de alimentos com corantes amarelos, como açafrão ou suplementos de vitaminas B, também pode afetar a cor das fezes.

Se as fezes estiverem consistentemente amarelas, é importante procurar um médico para descartar qualquer problema de saúde subjacente. Outros sintomas, como dor abdominal, diarreia ou perda de peso, também devem ser relatados ao médico.

Qual é a cor normal das fezes?

A cor normal das fezes varia de marrom claro a marrom escuro, dependendo da dieta e do trânsito intestinal. Isso ocorre devido à presença de estercobilina, um pigmento derivado da bilirrubina, que é produzido pela decomposição de glóbulos vermelhos no fígado e secretado no intestino. A bilirrubina é transformada em urobilinogênio, que é posteriormente convertido em estercobilina pelas bactérias intestinais.

A cor marrom das fezes é um sinal de que a digestão e a absorção dos alimentos estão ocorrendo normalmente, e que a bile está presente em quantidade adequada. No entanto, é importante lembrar que a cor das fezes pode variar dependendo da dieta e da presença de corantes alimentares. Por isso, se houver alguma mudança na cor das fezes ou outros sintomas associados, é importante consultar um médico.

Continua após a publicidade

O que a cor das fezes do bebê significam?

A cor das fezes do bebê pode variar dependendo da idade, dieta e outras condições de saúde. Aqui estão algumas informações sobre o que a cor das fezes do bebê pode significar:

  • Fezes amarelas (recém-nascidos) – as fezes de um recém-nascido normalmente são amarelas e pastosas, parecidas com mostarda. Isso ocorre porque o fígado ainda está se desenvolvendo e produzindo bile suficiente para digerir a gordura no leite materno ou fórmula.
  • Fezes verdes (recém-nascidos) – fezes verdes em um recém-nascido podem indicar que ele está recebendo mais leite do que precisa, o que pode levar a uma digestão mais rápida e a uma mudança na cor das fezes. Além disso, as fezes verdes podem indicar que o bebê está ingerindo leite posterior, que é rico em lactose.
  • Fezes marrons (bebês mais velhos) – a partir de algumas semanas de idade, as fezes do bebê devem se tornar mais marrom-esverdeadas ou marrom-claras, à medida que o sistema digestivo amadurece e a dieta muda.
  • Fezes verdes (bebês mais velhos) – as fezes verdes em um bebê mais velho podem indicar que ele está comendo alimentos verdes, como ervilhas, espinafre ou feijão. No entanto, se as fezes verdes forem acompanhadas de outros sintomas, como diarreia ou febre, pode ser um sinal de infecção.
  • Fezes com sangue – a presença de sangue nas fezes do bebê pode ser um sinal de alergia alimentar, infecção ou outro problema de saúde subjacente. Se houver sangue nas fezes do bebê, é importante procurar atendimento médico imediatamente.

Se houver alguma preocupação sobre a cor das fezes do bebê ou outros sintomas, é sempre recomendável consultar um pediatra.

Então, se você gostou dessa matéria, veja também: Cheiros do corpo – Principais odores, influência dos alimentos e prevenção

Fontes: Tua saúde, Gástrica, Digest

Continua após a publicidade

Outras postagens