Curiosidades

Quaresma: o que é, origem, o que pode fazer, curiosidades

Você sabe o que significam a Quaresma, aqueles 40 dias entre o Carnaval e a Páscoa? Descubra o real significado deste período.

A Quaresma é um período de 40 dias durante o qual os fiéis se preparam para a celebração da Páscoa e da Paixão de Jesus. Aliás, o Carnaval nasceu associado à Quaresma.

Tendo em conta que durante este período todas as atividades de lazer e entretenimento foram suprimidas, o Carnaval foi criado como um dia de festa e diversão.

Uma das principais regras durante a Quaresma é a proibição de comer carne nas sextas-feiras, quarta-feira de cinzas e sexta-feira santa. Neste período, a Igreja Católica apela ao fortalecimento da fé através da penitência, da reflexão e do recolhimento. Vamos saber mais sobre essa tradição religiosa a seguir.

O que é a Quaresma?

A Quaresma é o tempo que a Igreja marca para que os fiéis se arrependam de seus pecados, neste período se preparam para a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A Quaresma dura 40 dias, desde a Quarta-feira de Cinzas até a Quinta-feira Santa.

Na Quarta-Feira de Cinzas, que inicia esse período, é colocada a cinza para os fiéis católicos, imitando a Igreja primitiva, que colocava essa cinza ao lado da frase “Lembra-te que és pó e ao pó voltarás” (Gn 3,19).

Origem da Quaresma

A palavra “quaresma” vem do latim “quaranta” e refere-se aos quarenta dias em que os cristãos se preparam para a Páscoa. Tradicionalmente, a Quaresma é a preparação máxima dos cristãos que, na noite de Páscoa, farão a experiência do Batismo e da Eucaristia.

Continua após a publicidade

A partir do século IV, esse período tornou-se um tempo de penitência e renovação, marcado pelo jejum e abstinência. Até o século VII, a Quaresma começava no domingo do período de quatro meses.

Então, levando em conta os domingos em que o jejum foi quebrado, o início foi na quarta-feira antes da quarta-feira de cinzas, para respeitar o número quarenta que se refere aos quarenta dias de Jesus no deserto e aos quarenta anos da travessia do deserto pelos hebreus.

O que se faz durante a Quaresma?

No primeiro dia da Quaresma, os cristãos vão à igreja para celebrar a quarta-feira de cinzas. O sacerdote desenha uma cruz na testa dos fiéis pedindo-lhes que se convertam e creiam no Evangelho. Forte símbolo do luto, as cinzas representam a insignificância do homem perante Deus, a quem está prometido.

As outras celebrações fortes da Quaresma acontecem após o Domingo de Ramos (que celebra a Paixão de Cristo e o início da Semana Santa), e são a Quinta-feira Santa (última refeição de Cristo com seus Apóstolos), Sexta-feira Santa ( recordando a viagem de Cristo carregando sua cruz), Sábado Santo (de luto pelo sepultamento) e, por fim, Domingo de Páscoa (para celebrar sua ressurreição), que marca o fim do jejum.

Durante a Quaresma católica, o jejum não ocorre aos domingos. Aliás, muitos crentes aproveitam a Quaresma para confessar seus pecados. Desde os 14 anos de idade, os cristãos se abstêm de carne, especialmente toda sexta-feira. Além disso, roxo é a cor da Quaresma, é encontrada nas igrejas nesta época do ano.

Curiosidades sobre a Quaresma

1. Jejum

Apesar do chamado “jejum”, a Igreja não impede de comer, mas pede que se coma apenas 1 refeição por dia, evitando arriscar a saúde. Na Idade Média, os alimentos permitidos para esses dias eram óleo, pão e água.

2. Domingos

Outra curiosidade é que esses 40 dias não incluem os domingos. Você deve subtrair os seis domingos que vão da quarta-feira de cinzas ao sábado anterior ao domingo de Páscoa.

3. Jesus no deserto

Na Quaresma, segundo a bíblia, Jesus distanciou-se de todos e foi sozinho para o deserto. Lá ele permaneceu por 40 dias e 40 noites durante os quais as escrituras dizem que ele foi tentado pelo diabo.

4. Cruz

Nos ritos da Quaresma há uma série de símbolos muito presentes como a Cruz, as cinzas e a cor púrpura. Além disso, a Cruz representa a chegada de Jesus a Jerusalém. Assim, anuncia tudo o que Cristo ia experimentar e recorda-nos o seu fim.

5. Cinzas

As cinzas das oliveiras queimadas simboliza a queima dos pecados e a purificação da alma, ou seja, é um sinal expurgação do pecado.

6. Cor roxa ou púrpura

Já a cor púrpura é a cor que Jesus Cristo usava em sua túnica quando sofreu o calvário. Em suma, é uma cor que no mundo cristão está associada ao sofrimento e à penitência. Existem outras cores como rosa e vermelho, a primeira usada no quarto domingo e a segunda no Domingo de Ramos.

7. Celebrações

Por fim, as celebrações nestes 40 dias, são mais discretas. Desse modo, não se enfeitam os altares, não se celebram casamentos e também, suspendem-se os cânticos de Glória e Aleluia.

Fonte: Significados, Canção Nova, Estudos Gospel

Leia também:

8 criaturas e animais fantásticos citados na Bíblia

Quem era Filemom e aonde ele aparece na bíblia?

Caifás: quem foi e qual a sua relação com Jesus na bíblia?

Behemoth: significado do nome e o que é o monstro na bíblia?

Livro de Enoque, a história do livro excluído da Bíblia

O que significa Nefilins e quem eles eram, na Bíblia?

Quem são os anjos e quais os mais importantes citados pela Bíblia?

Próxima página »

Escolhidas para você