Mundo Animal

Beelzebufo, o que é? Origem e história do sapo pré-histórico

O Beelzebufo é uma espécie de sapo pré-histórico com medidas extraordinárias, sendo o maior anfíbio desse grupo na história do mundo.

Em primeiro lugar, Beelzebufo é um sapo gigante que viveu há 68 milhões de anos. Nesse sentido, entrou para a história como sapo do capeta, porque tem uma boca de aproximadamente 15 centímetros de largura. Além disso, é a maior espécie desse grupo de anfíbios, com porte semelhante a um cachorro pequeno.

No geral, suas medidas envolviam 40 centímetros de altura e 4,5 quilogramas de peso. Ademais, viveu na Ilha de Madagascar durante a Era Mesozóica, mas os estudos sobre sua existência são recentes. Sobretudo, se deram a partir de um fóssil obtido no ano de 2008, com divulgação pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Curiosamente, os paleontólogos e cientistas estimam que esse animal era um predador ativo, que ataca animais menores que ele por meio de emboscadas. Mais ainda, apresentava uma potência tanto em suas medidas quando na força de sua mordida. Em resumo, os estudos estimam que ele teria uma mordida que alcançava 2200 N, na unidade de força.

Sendo assim, o Beelzebufo seria capaz de causar mais danos que que um pitbull atualmente. Desse modo, estima-se ainda que ele se alimentava de dinossauros recém-nascidos. Por fim, a Ciência estima que esse seja o maio sapo da história do mundo, superando com grande distância os sapos atuais.

Continua após a publicidade

Beelzebufo, o que é? Origem e história do sapo pré-histórico

Origem e pesquisa sobre o Beelzebufo

Como citado anteriormente, as pesquisas são recentes, mas as descobertas variam. Apesar disso, os cientistas responsáveis tem criado paralelos com a potência das espécies atuais mais próximas ao Beelzebufo. Desse modo, estima-se que o parente mais similar é o Ceratophyris ornata, um sapo que vive na região da Argentina e do Brasil.

A princípio, sua popularização parte do apelido sapo pacman, porque possui uma boca tão grande quanto a do Beelzebufo. No entanto, as pesquisa mostram que essa espécie consegue ter uma mordida de 500 N. Sendo assim, estima-se que o sapo demônio tinha uma mordida quatro vezes mais potente.

Por outro lado, estima-se que o nome Beelzebufoampinga tenha origem no grego. Em especial, na palavra Beelzebub que significa diabo. Ainda que sua existência date milhões de anos atrás, o principal interesse dos especialistas é entender quais são as similaridades entre esse sapo e as espécies modernas.

Continua após a publicidade

No geral, supõem-se que a presença do Beelzebufona Ilha de Madagascar e sua similaridade com o sapo pacman na América do Sul é um avanço. Acima de tudo, é um argumento para comprovar a existência de uma rota de areai que poderia ter ligado o Madagascar à Antártica. Entretanto, busca-se mais registros fósseis para aprofundar a compreensão sobre o assunto.

Primeiramente, a biologia relata que os primeiros sapos surgiram no mundo há cerca de 18 milhões de anos atrás. Mais ainda, eles parecem não ter alterações em sua fisionomia desde o princípio. Dessa forma, acredita-se que o Beelzebufoviveu durante o Período Cretácico, mas desapareceram com outras espécies há 65 milhões de anos.

Beelzebufo, o que é? Origem e história do sapo pré-histórico

Curiosidades sobre a espécie

No geral, os primeiros fósseis do Beelzebufo tiveram documentação a partir de 1993. Desde então, os cientistas permanecem na busca para entender melhor sobre a espécie. Curiosamente, a origem do nome também decorre das pequenas elevações acima dos olhos, que se pareciam com chifres.

Continua após a publicidade

Em contrapartida, cientistas perceberam que o padrão no corpo dos anfíbios dessa espécie se assemelham com os de sapos urbanos tradicionais. Desse modo, puderam concluir que havia uma grande quantidade desses sapos. Apesar disso, eram predados por animais maiores, como mamíferos e até mesmo dinossauros.

No entanto, isso não os impedia de atacar animais maiores, em especial os que estavam abatidos. Comumente, o Beelzebufo utilizava da emboscada, aproveitando suas grandes dimensões para sufocar ou isolar a vítima antes de atacá-la. Além disso, apresentava uma língua tão potente como sua mordida, podendo capturar pequenas aves durante o voo.

E aí, aprendeu sobre o Beelzebufo? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência.

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você