Mundo Animal

Cachorro bravo, como controlar o animal? 6 coisas para fazer

No geral, o cachorro bravo fica nesse estado por razões diversas, como medo, insegurança, estresse ou até mesmo por conta da fase de vida.

Um cachorro bravo geralmente fica nesse estado por uma questão de personalidade da raça. Porém, pode ainda ser um comportamento reativo. Apesar dessas diferenças, é fundamental que o tutor saiba como administrar a situação. Desse modo, evita-se acidentes tanto com o animal quanto com as pessoas.

Comumente, os cachorros ficam bravos por questões como medo ou insatisfação. Em outras palavras, o animal pode se sentir inseguro com algo no ambiente, e desse modo reage ao instinto de proteção. Por exemplo, pode-se citar o ataque mediante a entrada de uma pessoa estranha na residência ou possíveis ameaças à integridade do cachorro.

Contudo, o cachorro bravo também é aquele animal com muita energia em acúmulo. Ou seja, pode ser que essa espécie demande atividade física diária e espaço para brincar. Portanto, quando não encontram isso, acabam tendo ansiedade, medo, estresse e apresentando comportamentos agressivos.

Sendo assim, é fundamental entender melhor sobre a raça e a personalidade do seu cachorro bravo. Dessa maneira, fica mais fácil controlar as reações e causas dos comportamentos violentos. Sobretudo, essa questão depende ainda da fase de vida, porque cachorros lactantes ou gestantes ficam bravas por questão de instinto de proteção, por exemplo.

Continua após a publicidade

Em contrapartida, há ainda o caso de filhotes que não estão acostumados com o ambiente. Como consequência, reagem de maneira arisca porque ainda são muito novos. Curiosamente, os cachorros que mais costumam apresentar esse comportamento são os beagles, bulldog inglês e husky siberiano. Por fim, entenda mais a seguir:

Como lidar com um cachorro bravo

1) Entenda o que está causando o problema no comportamento

Cachorro bravo: como acontece e o que fazer?

Sobretudo, identificar a causa facilita no processo de correção e mudança. Sendo assim, esteja atento às suas interações e reações. Dessa forma, esteja presente nos momentos em que o cachorro bravo fica nervoso e porque ele está agindo assim. Logo em seguida, podemos criar as alterações necessárias.

2) Ensine o cachorro bravo o comportamento correto

Cachorro bravo: como acontece e o que fazer?

Continua após a publicidade

Curiosamente, é possível adestrar seu cão em casa, principalmente por um sistema de repetição e recompensas. Sendo assim, para transformar o cachorro bravo em um animal mais tranquilo, podemos recompensar o cachorro diante de um gatilho para agressividade. Em resumo, ensina-o a não reagir diante daquilo que causa o comportamento violento.

3) Gaste a energia do seu cachorro bravo

Cachorro bravo: como acontece e o que fazer?

Como dito anteriormente, a questão do cachorro bravo envolve ainda parâmetros de raça e personalidade. Portanto, uma forma de lidar com o estresse ou ansiedade envolve gastar a energia. Nesse sentido, aposte em brincadeiras ao ar livre, caminhadas e uma rotina de exercícios.

4) Ajude seu cachorro a socializar

Fotografia de um exemplar

Continua após a publicidade

No geral, a socialização ajuda a diminuir sentimentos de insegurança, medo ou ansiedade. Além disso, estar na presença de outros animais ajuda na missão de gastar energia. Mais ainda, é um excelente exercício físico e estímulo para reações ou instintos.

Portanto, é interessante buscar parques para cães ou centros de atividade para animais. Porém, caso não seja possível, optar por espaços públicos é suficiente, tanto pela interação com outras pessoas quanto com animais menores.

5) Peça ajuda caso necessário

Fotografia de um animal

Percebeu que seu cachorro bravo não melhorou de forma alguma? Posteriormente, opte por pedir ajuda profissional a um adestrador. Desse modo, a rotina de exercícios e treinos facilita o processo de combater comportamentos agressivos.

Continua após a publicidade

6) Realize exames de rotina no seu cachorro bravo

Fotografia de um exemplar

Por fim, pode ser que as reações violentas surjam em decorrência de uma enfermidade ou dor desconhecida. Portanto, é importante levar seu cachorro ao veterinário para se prevenir de problemas dessa natureza. Ademais, esteja atento à caderneta de vacina para mantê-la atualizada.

E aí, aprendeu sobre cachorro bravo? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você