5 teorias da conspiração envolvendo desenhos animados

Depois de conferir algumas teorias da conspiração envolvendo astros da música, chegou a hora de acabar com sua infância e conhecer outras teorias da conspiração envolvendo desenhos animados clássicos. Claro que nenhuma informação que você vai conferir nesta matéria é oficial, então acreditar ou não fica a critério do leitor.

No entanto, como você vai ver na lista, há alguns fatos tão bem argumentados que nos fazem refletir melhor sobre as histórias que a gente acha que conhece. Um bom exemplo, como você vai ver é o que teorias da conspiração envolvendo desenhos animados dizem sobre a animação de Aladdin, um dos clássicos mais assistidos da Disney.

Nesse caso, as teorias das conspiração envolvendo desenhos animados apontam para ligações entre os personagens do gênio da lâmpada e do comerciante, que aparece no começo do filme. Mas, obviamente, se você quiser saber, detalhadamente, qual é a polêmica, vai ter que ler a matéria abaixo (rs).

Enfim, nossa intenção não é destruir tudo o que você acreditou até hoje sobre o mundo dos desenhos, mas contar a você o que algumas teorias da conspiração envolvendo desenhos animados dizem por aí. E o pior de tudo é que tem muito maluco por aí que acredita nessas possibilidades mirabolantes que você confere na lista a seguir.

Confira, abaixo, algumas teorias da conspiração envolvendo desenhos animados:

1. Os Smurfs

1

Muita gente morre de amores pelos Smurfs, mas segundo algumas teorias da conspiração envolvendo desenhos animados, a origem oculta da animação não é nada fofa. Isso porque há quem veja nos Smurfs significados simbólicos do nazismo.

Os chapéus das criaturinhas azuis, por exemplo, são brancos e usados por todos, menos pelo líder, que usar um chapéu vermelho. Esse esquema, aliás, é parecido com o do grupo Ku Klux Klan, uma organização racista secreta que nasceu no final do século 19 nos Estados Unidos.

Outro sinal estranho que muita gente nota nos Smurfs são as características físicas de Gargamel e o gato do feiticeiro-vilão, cujo nome é Azrael, nome também dado ao anjo da morte, segundo a tradição judaica.

2. Ursinhos carinhosos

2

Outras teorias da conspiração envolvendo desenhos animados também apontam aspectos assustadores. Isso porque o nome da animação, em inglês, é Car Bears. Esse nome teria ligação direta com o nome Carrefour, que, na verdade, se trata de um distrito de Porto Príncipe, no Haiti, também conhecido como o centro mundial do vudu.

Sendo assim, os fofinhos ursinhos carinhosos, seriam uma forma de atrair as crianças para as práticas do vudu. Essa teoria, segundo quem acredita nela, é comprovada pelo fato dos ursinhos fazerem amizade só com crianças, sem contar que os símbolos que eles têm na barriga são muito parecido com símbolos vudus.

3. Pato Donald

3

Além das frequentes acusações de racismo, teorias da conspiração envolvendo desenhos animados também apontam que o Pato Donald não bate muito bem da cabeça. Quem acredita nisso, diz que o personagem sofre de stress pós-traumático, devido ao tempo em que serviu como soldado paraquedista na Segunda Guerra Mundial. Depois disso, Pato Donald passou a ter dificuldade de interação social, resistência ao falar sobre seus dias de guerra e até alguns casos de flashback.

4. Aladdin

4

Sabe aquele vendedor no começo de Aladdin, que tenta vender a lâmpada mágica? Há teorias da conspiração que apontam esse vendedor e o gênio da lâmpada como a mesma pessoa. Uma prova disso, para quem acredita na teoria, é de que os dos personagens, na versão em inglês, são dublados pelo ator Robin Williams.

Além disso, as cores usadas pelos dois, bem como a barbicha e as sobrancelhas dos personagens são praticamente idênticas. Mas, o detalhe mais importantes ainda está por vir: os dois são os únicos personagens do filme que têm apenas 4 dedos nas mãos.

5. Padrinhos mágicos

5

Algumas teorias da conspiração envolvendo desenhos animados apontam os padrinhos mágicos, do desenho que leva o mesmo nome, como metáforas para antidepressivos como o Zoloft e Fluoxetina. Isso porque os padrinhos estão sempre com um sorriso bobo na cara, com boa disposição e estão dispostos a ajudar a resolver problemas. Além disso, eles entram em ação somente até que a ajuda deles não seja mais necessária, já que a ajuda dos padrinhos mágicos, em excesso, acarreta sérios “efeitos colaterais”.

E você, o que acha dessas histórias?