Como deixar de ser espionado pelo Google e o Facebook em 3 passos

Depois da história do Facebook ter fornecido dados de usuários para a campanha de Donald Trump, nos Estados Unidos, todo mundo ficou meio em alerta sobre a privacidade na internet. E não é para menos, já que não é segredo para ninguém que todo mundo acaba sendo espionado pelo Google e pelo Facebook todas as vezes que se encontra logado nessas plataformas.

E o pior, como você já conferiu em outras matérias aqui mesmo no Segredos do Mundo, é que esses não são os únicos ambientes online que raptam nossos dados. A própria Microsoft espiona seus usuários, seu smartphone grava suas conversas, sua TV também grava informações sobre você, testes e jogos dentro do Facebook também fazem isso e até mesmo nossas pesquisas de voz são gravadas pelo Google. Está bom ou quer mais?

Agora, se você cansou de tudo isso e não quer mais ser espionado pelo Google ou pelo Facebook (que são as fontes de informação de grande parte de todos esses dispositivos que acabamos de citar), fique sabendo que é simples se livrar dessa “vigilância”.

Tudo o que você precisa fazer é alterar algumas configurações simples, que levam menos de 5 minutos do seu tempo, para reduzir consideravelmente a exposição de seus dados na internet.

Como não ser espionado pelo Google e o Facebook:

1. Desative o Google Location History

Nem todo mundo sabe, mas por meio desse dispositivo seu celular é espionado pelo Google minuto a minuto. Para explicar melhor, esse Location History é o responsável por registrar a localização do seus aparelho por todos os lugares que você esteve com ele na vida!.

A Google diz que utiliza essas informações de localização para fornecer pesquisas mais refinadas de mapas e para alimentar a inteligência do Google Assistant, mas, na prática, não existe ganhos reais em fornecer esse tipo de informação… especialmente de forma inconsciente.

Pois se você quiser desabilitar esse monitoramento, basta ir em Google Location History.  Quando entrar, vá até Gerenciar Histórico de Localização. Então, é só virar a chave para desligar o recurso.

Você também pode deletar a lista de lugares que o Google já registrou sobre você indo até Gerenciar Histórico, então clicar em Configurações e em Excluir todo o histórico de localização. Não se preocupe, seu Google Maps vai continuar funcionando normalmente, mas você não vai ser monitorado mais.

2. Desative o monitoramento do Chrome

Muito provavelmente, você usa ou já usou o navegador Chrome, no celular ou no computador. Mas, mesmo sendo tão popular existe um detalhe sobre ele que quase ninguém conhece: ele também monitora todos os seus passos na internet e, claro, envia esses dados para o Google. ]

Se você não quer mais ser espionado pelo Google por meio do Chrome, você só tem que desativar esse monitoramento entrando em Controles de Atividades do Google. Na tela que será exibida, você só tem que desativar a chave que vai aparecer logo depois de Atividade da Web e de apps.

Você também pode deletar de vez a navegação que o Google já tenha gravado sobre você em Gerenciar Histórico. E, se você acha que isso pode afetar negativamente o funcionamento normal do Chrome, por descansar. Ele vai continuar a todo vapor, inclusive salvando seu histórico de navegação localmente, mas sem enviá-lo para o Google.

3. Desative a espionagem do Facebook

Sabe quando você procura por algum produto na internet e passa um tempão vendo em sua timeline ofertas daquele mesmo produto? Isso acontece porque o Facebook espiona seus passos na internet e sabe exatamente o que você anda buscando quando navega.

Esse tipo de espionagem funciona por meio de trackers que existem em praticamente todos os sites e que normalmente estão disfarçados naqueles botõezinhos azuis que servem para compartilhar no Facebook o conteúdo de outras páginas, sabe?

Para acabar com isso de vez, você precisa instalar um plugin chamado Disconnect, que bloqueia os trackers do Facebook. O melhor de tudo é que ele é grátis e começa a funcionar automaticamente depois que você instala. O problema é que o plugin só funciona no computador.

Para o celular, a melhor opção é instalar o navegador Ghostery Privacy Browser, que já vem com o bloqueador de trackers, tanto para Android quanto para iOS. A vantagem é que ele é bem parecido com o Chrome no funcionamento, com a vantagem de bloquear automaticamente as tentativas de monitoramento.

E então, caro leitor, você sabia que era tão espionado pelo Google e pelo Facebook assim? Você se incomoda com isso? Não deixe de nos contar nos comentários.

Agora, falando em espionagens, você precisa conferir ainda: Como descobrir se você está sendo rastreado pelo celular.

Fonte: Super Interessante