Curiosidades

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia

Os nomes de demônios pertencem aos seres retratados principalmente na demonologia cristã, mas com origem em mitologias diversas do mundo.

Em primeiro lugar, os nomes de demônios dizem respeito às figuras populares na demonologia. Ou seja, o estudo sistemático dos demônios, que também pode fazer parte da Teologia. No geral, refere-se aos demônios descritos no Cristianismo, sendo parte da hierarquia bíblica e sem relação direta ao culto dos demônios.

Curiosamente, pode-se citar Ed e Lorraine Warren como demonologistas famosos, que inclusive protagonizam em Invocação do Mal. Apesar disso, existe o estudo sobre demônios em religiões como islamismo, judaísmo e zoroastrismo. Em contrapartida, cultos como o budismo e hinduísmo ainda apresentam sua própria interpretação desses seres.

Sobretudo, entende-se os demônios como um anjo que se rebelou contra Deus e passou a lutar pela perdição da humanidade. Desse modo, na Antiguidade, o termo referia-se a um gênio que poderia inspirar as pessoas tanto para o bem quanto para o mal. Ademais, a etimologia da palavra parte do latim daemonium e do grego daimon.

Comumente, utiliza-se da perspectiva cristã para abordar os nomes de demônios e a existência deles. Portanto, tem-se Lúcifer como o chefe dos demônios, um querubim expulso do Paraíso por quer ser igual a Deus. Sendo assim, ele foi o demônio original, responsável pela perdição de outros anjos, porque levou consigo um terço dos anjos d e Deus durante sua queda, segundo o Apocalipse.

Nomes de demônios: quais são os mais famosos?

1) Belzebu

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Também com o nome Belzebuth, sendo uma divindade nas mitologias filisteia  cananeia. No geral, refere-se a ele na Bíblia como o próprio diabo. Em resumo, se trata da junção entre Baal e Zebub, tornando-se um dos sete príncipes do inferno e a personificação da gula, como visto na Idade Média.

2) Mamon, o demônio da avareza

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Curiosamente, utiliza-se o nome desse líder do inferno para designar a própria cobiça e avareza, pois ele personifica esse pecado. Além disso, também trata-se do anticristo, um devorador de almas de aparência deformada. Porém, pode ter sua representação semelhante a um abutre com dentes capazes de estraçalhar almas humanas.

Continua após a publicidade

3) Azazel

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Antes de mais nada, trata-se de um dos anjos caídos dentro das crenças judaicas, cristãs e islâmicas. Apesar disso, tem somente três citações na Bíblia Hebraica. Em contrapartida, personifica o pecado da Ira entre os Sete Príncipes do Inferno, tendo liderado um motim para viver entre os humanos enquanto era um anjo.

4) Lúcifer, o príncipe supremo dos demônios

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Geralmente tratado como estrela d’alva ou estrela da manhã, esse demônio é filho de Éos, deusa da aurora, e irmaõ de Héspero Apesar disso, no cristianismo, associou-se sua imagem ao Satã, o Anjo do Mal. Sendo assim, a imagem inicial não diz respeito ao anjo que desafiou Deus, pois surgiu na mitologia grega.

Apesar disso, entende-se Lúcifer como o principal demônio, com o nome popular de Diabo e Satanás. Além disso, personifica a soberba porque desejou ter mais do que era possível. Portanto, lidera a primeira esfera do inferno, onde ficam os querubins caídos como ele.

5) Asmodeus

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

A princípio, é um demônio original do Judaísmo, mas representa o pecado da Luxúria. No geral, existem diversas versões diversas sobre sua origem, porque poderia ser tanto um anjo caído como um homem amaldiçoado. Apesar disso, representa-o como uma espécie de quimera e também como um feiticeiro maligno que é rei dos demônios.

6) Leviatã

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Curiosamente, Leviatã é também um dos demônios populares, mas sua representação envolve um peixe feroz com citação no Antigo Testamento. Desse modo, tem sua representação mais famosa como uma serpente marinha que representa o pecado da Inveja. Portanto, é um dos príncipes infernais, mas também inspirou obras como a de Thomas Hobbes durante o Iluminismo.

7) Belfegor, o último dos demônios capitais

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Por fim, tem-se Belfegor como o senhor do fogo, um demônio que representa a preguiça, as descobertas e o apodrecimento. Entretanto, sua outra face diz respeito aos inventos, à criatividade e aos ciclos. Sendo assim, costumava ter seu culto na antiga Palestina como um sábio que recebia oferendas e festas.

Continua após a publicidade

Entretanto, entende-se este como o último dos sete príncipes que governam o inferno. Em especial, personifica o primeiro pecado capital, com uma representação bestial e lânguida.

8) Astaroth

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Em primeiro lugar, refere-se a este como o Grão-Duque do Inferno na demonologia cristã. Desse odo, consiste em um dos demônios com aparência de anjo desfigurado. No geral, inspira outros demônios menores e causa o caos entre matemáticos, artesãos, pintores e outros artistas liberais.

9) Behemot, um dos demônios bíblicos monstruosos

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Também um dos demônios bíblicos, Behemoth tende a ter sua imagem representada através de um monstro terrestre gigante. Curiosamente, tem como missão de vida matar o Leviatã, mas estima-se que ambos morreriam no embate, como ditado por Deus. Porém, a carne de ambos será servida aos humanos após o conflito, a fim de abençoá-los com as qualidades dos montros.

10) Kimaris

Ilustração do personagem mitológico
Fonte: SuperInteressante

Sobretudo, se trata do sexagésimo sexto em uma lista de 72 demônios descritos no grimório popular Ars Goetia. Nesse sentido, consiste em um grande guerreiro montado em um corcel negro que trabalha localizando tesouros perdidos ou escondidos. Mais ainda, deve ensinar o conjurante a se tornar um guerreiro tão excelente quanto ele próprio.

A princípio, teria sido um marquês na hierarquia demoníaca, comandando 20 legiões sob seu regime pessoal. Contudo, estima-se que ele ainda comande os espíritos localizados em diferentes países africanos.

11) Damballa, um dos demônios do vodu africano

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia
Fonte: SuperInteressante

Primeiramente, este é um dos demônios primitivos com origens no vodu africano, mais especificamente do Haiti. No geral, sua imagem consiste em uma grande serpente branca oriunda de Uidá, no Benim. Porém, diz-se que ele é o pai do céu e criador primordial da vida, ou a grande coisa criada pelo Grande Mestre nessa religião.

Continua após a publicidade

12) Agares

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia
Fonte: SuperInteressante

A princípio, surgiu da demonologia cristã, sendo um demônio que controla terremotos. Além disso, crê-se que ele consegue paralisar vítimas no momento da fuga, ampliando os danos em acidentes naturais. Comumente, sua representação envolve um pálido ancião que carrega um falcão e monta em um crocodilo, capaz de dizer todo tipo de palavrão e insulto porque conhece todas as línguas.

13) Dama do meio-dia, um dos demônios femininos

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia
Fonte: SuperInteressante

Curiosamente, esse é um dos poucos demônios com representação feminina na demonologia. No geral, surge em campos e lugares abertos durante o verão, especificamente na hora mais quente do dia. Sobretudo, interage com os trabalhadores do campo fazendo perguntas difíceis a fim de confundi-los.

Porém, caso cometam algum erro, a dama do meio-dia os mata por meio da foice ou do enlouquecimento com o calor. Portanto, costuma aparecer como uma mulher, seja uma criança, uma bela dama ou uma velha.

14) Ala

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia
Fonte: SuperInteressante

Sobretudo, é um demônio com origem na mitologia eslava, mas com presença na demonologia cristã. Geralmente, é responsável pelo granizo e trovoadas que destrói plantações. Porém, ainda alimentam-se de crianças e até da luz do Sol, causando os eclipses. Desse modo, adotam a figura de corvos, cobras, dragões e nuvens escuras.

15) Lamashtu

Nomes de demônios: figuras populares na demonologia
Fonte: SuperInteressante

Por fim, este é um dos demônios mais terríveis, com origem suméria e mesopotâmica. Sobretudo, consiste na personificação do mal, sem respeitar nenhuma hierarquia celestial. Dessa forma, é popular por ameaçar mulheres gráficas, jurando sequestrar as crianças e alimentar-se delas.

Por outro lado, também infestavam rios e lagos, criando doenças e pesadelos em todos. Em contrapartida, também exterminavam as plantas e sugavam o sangue das pessoas. No geral, a representação apavorante envolve um híbrido de leoa, burro, cão, porco e pássaro.

Continua após a publicidade

E aí, conheceu os nomes de demônios? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência

Imagens: SuperInteressante

Próxima página »

Escolhidas para você