Listas

35 dicas de livros para entrar no clima de Natal

Confira uma lista com uma grande variedade de livros de Natal para tornar suas férias divertidas e inesquecíveis.

O mês de dezembro é o período tradicional para compartilhar mais tempo com a família, refletir sobre o que aconteceu durante o ano e aproveitar um merecido descanso. Aliás, quando se fala em descanso, muita gente busca se divertir e passar a folga lendo ou assistindo. Desse modo, para os amantes da literatura, os livros de Natal são perfeitos para tornar os dias mais agradáveis e passear por histórias que vão do romance ao suspense.

Por isso, se procura inspiração para a época mais bonita do ano, temos uma seleção dos melhores livros de contos de Natal para que possa desfrutar ao máximo.

35 livros para entrar no clima de Natal

1. Um dia em dezembro (2018), Josie Silver

Morar na época do Natal em Londres é uma experiência e tanto. A cidade está repleta de luzes, música e uma atmosfera cativante. Assim, é nesse cenário que Josie Silver centra seu romance sobre uma garota que descobre o significado do amor à primeira vista.

2. Histórias de Natal, Dos irmãos Grimm a Paul Auster (2015)

O Natal, sempre muito presente na literatura, inspirou histórias magníficas, e não faltam grandes escritores que o abordaram sob diferentes perspetivas. Dessa maneira, as 35 histórias aqui escolhidas por Marta Salís provêm também de diferentes tradições ocidentais.

Continua após a publicidade

3. O Natal de Poirot (1938), Agatha Christie

Um bom mistério não pode faltar para animar essas festas e nada melhor do que a rainha do mistério, Agatha Christie, e seu inseparável Poirot. Assim, mesmo na véspera de Natal o detetive belga não escapa de investigar um crime.

4. Como o Grinch roubou o Natal! (2015), Dr. Seuss

Dr. Seuss transforma a leitura em uma atividade divertida e ideal para compartilhar entre pais e filhos. Com efeito, a combinação de rimas e a mistura única de ritmo e repetição facilitam o aprendizado e o reconhecimento de novas palavras neste clássico natalino.

5. Advent (2015), Gunnar Gunnarsson

Este é um conto inspirador e carregado de simbolismo, ambientado no rigoroso inverno das montanhas do nordeste da Islândia. Nele, seu protagonista, o pastor Benedikt, enfrenta sua tradicional aventura adventista para resgatar da neve aquelas ovelhas que se desviaram de seu rebanho e estão destinadas à morte.

6. Uma visita de São Nicolau (2013), Clement C. Moore

Originalmente publicado em 1823, este poema do americano Clement C. Moore é um emblema do Natal em todo o mundo. Em suma, seus versos revolucionaram a iconografia natalina ao apresentar pela primeira vez um Papai Noel vestido de vermelho, dirigindo um trenó puxado por renas e enchendo de brinquedos as meias penduradas nas chaminés.

Continua após a publicidade

7. Mistério de Natal (1992), Jostein Gaarder

No último dia de novembro, o jovem Joakim, fazendo compras para o Natal com o pai, vê em uma livraria um calendário do advento com suas 24 vitrines a serem abertas, uma a uma, todos os dias de dezembro até a véspera de Natal. Porém, este será um calendário mágico que o levará a incríveis aventuras.

8. Conto de Natal de Auggie Wren (2012), Paul Auster

Um dia, Paul Auster é contratado pelo New York Times para escrever uma história de Natal. Impressionado com a tarefa, ele decide que a narrativa que escreve fugirá do sentimentalismo comum que permeia aquele inverno.

Em busca de inspiração, ele sai para passear e vai até a tabacaria do Brooklyn dirigida por seu amigo Auggie Wren, um fotógrafo peculiar que retrata diariamente a mesma esquina do bairro e a passagem do tempo.

9. O planeta das árvores de Natal (2012), Gianni Rodari

Marco ganha um cavalo de balanço de aniversário. Ao embarcar, ele começa a viajar no espaço até aterrissar no planeta das árvores de natal.

Continua após a publicidade

Contudo, as coisas são muito diferentes da Terra lá: as calçadas são móveis, as coisas não custam dinheiro e as árvores de natal crescem em todos os lugares, com enfeites e tudo! Portanto é uma história fantástica que traz a marca indiscutível de Rodari.

10. Histórias de Natal completas (2012), Charles Dickens

Pode-se dizer que Dickens inventou o Natal, pois nenhum outro escritor evocou com tanta maestria o espírito, jubiloso e ao mesmo tempo elegíaco, daquele período final do ano.

Além da famosa “Canção de Natal”, este volume “inspirado na edição inglesa de 1852” reúne outras quatro histórias com um enquadramento natalício onde se entrelaçam os principais motivos do mundo dickensiano: a caridade, a infância, os mitos populares, as desigualdades sociais, bem como sonhos e magia, lindamente iluminados por Javier Olivares.

11. Contos de Natal e Reis Magos (2011), Emilia Pardo Bazán

As descrições detalhadas e precisas que a Condessa de Pardo Bazán nos oferece nessas histórias retratam uma sociedade com diferenças extremas, colocando a falta de moradia junto com a riqueza mais ostensiva.

Continua após a publicidade

Desse modo, os protagonistas encarnam a caridade, a reconciliação, a devoção mística, por vezes de uma forma que pode parecer inusitada. Incomum em qualquer outro momento de suas vidas, em qualquer outro dia que não seja o Natal.

12. Adoráveis ​​Mulheres (2011), Louis May Alcott

Quase cento e cinquenta anos se passaram desde aquele distante 1868, mas a cumplicidade de Meg, Beth, Amy e Jo com as outras mulheres não morreu.

Além disso, autoras da estatura de Simone de Beauvoir e Joyce Carol Oates têm sido admiradoras entusiásticas dessas pequenas mulheres que, em seus gestos e palavras, resumem o espírito crítico de uma época e ainda hoje podem nos proporcionar belas horas de leitura.

13. Um Conto de Natal (2010), Enid Blyton

Edição renovada desta fantástica compilação que inclui seis histórias de Natal escritas por Enid Blyton. Crianças, fadas, brinquedos e duendes são os protagonistas dessas histórias cheias de fantasia e calor que aproximam os pequenos leitores do mundo mágico do Natal.

Continua após a publicidade

14. Contos de Natal (2009 ), Ana Botella

O Natal é sempre uma época de ilusões e diversão para os mais pequenos e não podem faltar histórias para ajudar a desenvolver a sua imaginação. Desse modo, autores consagrados como Hans Christian Andersen ou os irmãos Grimm, e outros menos famosos, foram reunidos para facilitar a escolha da história perfeita para os pais e incentivar toda a família a se reunir em torno dos clássicos natalinos.

15. Cartas do Papai Noel (2006), JRR Tolkien

Toda criança sabe como o Papai Noel está ocupado em dezembro, mas o que ele faz no resto do ano? Em suma, esta coleção de cartas e desenhos que Tolkien escreveu para seus filhos todos os anos como Papai Noel revela, por meio de aventuras inteligentes, alguns desses segredos.

16. O abeto de Natal (2005), Hans Christian Andersen

Um abeto precioso sonhava em crescer, como seus colegas. Com o tempo, tornou-se uma árvore robusta. Crescendo, ele viu muitos de seus colegas sendo cortados. Para onde eles os levariam?, ele se perguntou. Os pardais deram-lhe a pista: no Natal enfeitavam as casas com milhares de luzes e presentes. Então ele desejou que o mesmo acontecesse com ele…

17. A Pequena Vendedora de Fósforos (2005), Hans Christian Andersen

Esse livro de Natal traz uma história cativante de uma pobre vendedora de fósforos que estava sozinha e com muito frio na véspera de Ano Novo. Entre as chamas fracas de suas últimas partidas, ele tem visões maravilhosas.

Continua após a publicidade

18. Vida e Aventuras do Papai Noel (1902), L. Frank Baum

Qual é a origem do Papai Noel? De onde vem o costume de colocar meias na lareira? E a árvore de Natal? Como você pode entrar e sair de tantas casas em uma noite? E as renas? Todas essas perguntas e muitas outras são explicadas neste livro. L. Frank Baum, o criador de O Mágico de Oz, nos acompanha nas muitas aventuras de um personagem único.

19. A Caixa de Natal (2003), Richard Paul Evans

Uma pequena e humilde família que, instalada na mansão de uma velhinha solitária e misteriosa, descobre no sótão algo mais que uma caixa preciosa, ou seja, uma fonte de segredos e um legado de preciosa sabedoria.

20. Último Natal da Guerra (2001), Primo Levi

Ao falecer, em abril de 1987, Primo Levi deixou espalhadas em diversos jornais e revistas mais de vinte histórias, fruto de seus últimos dez anos de trabalho.

É provável que, com o esmero que o caracterizava, Levi os tivesse reunido em um livro, como já havia feito alguns anos antes com Lilit e outras histórias, oferecendo aos leitores uma nova amostra de sua maestria no manejo do conto.

Continua após a publicidade

21. O Gigante Egoísta (2000), Oscar Wilde

O gigante não deixava as crianças brincarem em seu jardim, por isso o inverno se instalou ali para sempre e as árvores se esqueceram de florescer. No entanto, um dia, o amor de uma criança moveu o coração duro do gigante e então ele entendeu como o egoísmo havia expulsado a primavera de seu jardim e a beleza de sua vida.

22. O presente de natal e outros contos natalinos (2022), Andréia Borges

Esse livro de Natal contém vinte contos, com histórias que se passam nesta época do ano e relatam tradições. Inspirada por clássicos como Um Conto de Natal, de Charles Dickens, e Memória de Natal, de Truman Capote, a autora traz, nesse segundo livro, contos com temáticas e estilos diferentes, desde críticas sociais, abusos, passando por viagens, trilhas e romance, tendo as histórias como ponto comum o natal.

23. “Porque colocamos estrelas nas árvores de Natal”, (2011) Nadia Heppell

Como se o seu emprego já não fosse mágico o suficiente, o melhor amigo de Zara é um cachorro, Lurijo. Ademais, ele tem um sonho: ganhar o concurso anual que premia a árvore de Natal mais bonita da cidade. Imagine o que Zara fez para ajudar Lurijo a vencer. Aliás, esta é a obra de estreia da autora e ilustradora russa Nadia Heppell.

24. O presente dos magos (1906), O. Henry

Este conto do norte-americano O. Henry (1862-1910), recolhido em livro em 1906, é um dos textos mais populares da língua inglesa e emociona com a história de um jovem casal apaixonado, que entrelaça amor e pobreza, destino e acaso na Nova York do começo do século XX.

Continua após a publicidade

25. O Natal de Manuel (1985), Ana Maria Machado

Uma história que começa aparentemente simples e aos poucos vai crescendo em profundidade, em reflexão, sem perder o jeito gostoso de chegar bem perto do universo infantil, como Ana Maria Machado, em suas narrativas, sabe fazer muito bem. Portanto, trata-se de uma história sobre a curiosidade de um menino, André, que quer saber o que significa Natal.

26. Um Natal de Maigret (1982), Georges Simenon

Nove contos protagonizados pelo famoso inspetor Maigret compõem esta coletânea cujo tema gira em torno do Natal.

27. O Natal do Pequeno Nicolau (2011), René Goscinny e‎ Jean-Jacques Sempé

No fascinante universo do clássico francês, O Pequeno Nicolau chega ao sexto livro de oito volumes com histórias inéditas a serem lançadas no Brasil pela Rocco. Contudo, desta vez, o esperto e travesso personagem aproveita a chegada do Natal para colocar em prática suas confusões.

28. E de Evidência (1999), Sue Grafton

Logo depois do Natal, Kinsey Millhone descobre que cinco mil dólares foram misteriosamente creditados em sua conta bancária. Então, quando é acusada de estar envolvida em um caso de incêndio industrial, Kinsey percebe que alguém está armando uma armadilha para ela.

Continua após a publicidade

29. Pela Noite Adentro (2001), Mary Higgins Clark

Poucas semanas antes do Natal, Alvirah e Willy, um casal que tirou a sorte grande num bilhete de loteria, estão envolvidos no mistério da herança de Bessie Durkin.

Alvirah recusa-se a acreditar que a velha senhora tenha deixado para Vic e Linda Backer, seus inquilinos de caráter duvidoso, o imóvel que serviria de abrigo e creche para as crianças, e não hesita em iniciar uma minuciosa investigação para provar a ilegitimidade do testamento.

30. O golpe de Misericórdia (1971), Ellery Queen

Uma alegre festa de Natal, numa man­são sitiada pela neve, acaba por se transformar num pesadelo quando um dos convidados põe-se a enviar presen­tes anônimos ao seu anfitrião.

31. O Expresso Polar (2004) ,Chris Van Allsburg

Na véspera de Natal, um menino se surpreende com um trem enorme parado na porta de casa, ou seja, o Expresso Polar, trem que irá levá-lo a uma aventura até o Polo Norte, casa oficial do Papai Noel.

Continua após a publicidade

32. O Presente do Meu Grande Amor (2014), Stephanie Perkins

Esta é uma coleção de 12 contos natalinos feitos para quem gosta do clima das festas de fim de ano e todos os temas que envolvem a comemoração da época.

33. O Suplício do Papai Noel (1952), Claude Lévi-Strauss

O ensaio analisa, a partir da queima de um boneco de Papai Noel em 1951, o mito desse personagem natalino ao longo dos tempos, a comercialização de datas tradicionais e a influência norte-americana sobre essas mudanças.

34. Os delírios de natal de Becky Blooom (2019), Sophie Kinsella

Nesse livro de Natal, basicamente, Becky enfrenta o desafio de organizar o almoço do Natal em família, lidar com parentes e até com ex-namorado que surgiu do nada.

35. Um beijo de inverno na livraria dos corações solitários (2020), Anne Darling

Por fim, essa história gira em torno de Mattie e Tom, que não se suportam, mas que são obrigados a conviver e trabalhar freneticamente na véspera do Natal.

Continua após a publicidade

Fontes: Resenhas Alacarte, Livro e Café, Guia da Semana

Então gostou de todas essas dicas de livros de Natal? Pois, leia também:

16 livros de terror para o Halloween

10 livros sobre bruxas para saber a verdade sobre elas

Continua após a publicidade

30 livros que viraram filmes que ganharam o Oscar

Melhores livros de romance da história: dos clássicos aos contemporâneos

Livros de Jane Austen – Melhores romances da autora

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você