Curiosidades

Qual é a cor do céu em outros planetas?

O céu é azul em outros planetas, do mesmo modo que na Terra? E como a atmosfera afeta a cor que vemos ao olhar para cima?

As atmosferas podem ter cores diferentes, dependendo do que há nelas. Por exemplo, o ‘céu’ de Júpiter apresenta tons magníficos de laranja, branco, marrom e azul. Antes de saber qual a cor do ceú em outros planetas precisamos entender o que é a atmosfera.

Em suma, a atmosfera é normalmente a camada mais externa de um planeta. Em mundos rochosos como a Terra, geralmente é a camada mais leve e fina.

Além disso, as atmosferas podem conter uma grande variedade de gases. A maior parte da atmosfera da Terra é um gás chamado nitrogênio que não reage com nada.

Há também um pouco de oxigênio, que é o que precisamos para respirar. Existem também dois outros gases importantes chamados argônio e dióxido de carbono, e pequenas quantidades de muitos outros. Portanto, essa mistura de gases é o que dá cor à atmosfera de um planeta. Saiba mais sobre a cor do céu em outros planetas abaixo.

Continua após a publicidade

Qual é a cor do céu em outros planetas?

No caso do nosso planeta, a luz solar atinge a atmosfera da Terra e é espalhada em todas as direções por todos os gases e partículas no ar. A luz azul é mais espalhada do que as outras cores porque viaja em ondas menores e mais curtas.

É por isso que vemos um céu azul na maioria das vezes. Mas, e nos outros planetas? Vamos conferir a seguir:

Mercúrio

Mercúrio é muito quente e muito pequeno para reter uma atmosfera. No entanto, possui uma exosfera tênue e variável composta de hidrogênio, hélio, oxigênio, sódio, cálcio, potássio e vapor d’água.

Aliás, acredita-se que esta exosfera foi formada a partir de partículas capturadas do Sol, desgaseificação vulcânica e detritos colocados em órbita por impactos de micrometeoritos. Desse modo, o céu acima de Mercúrio é preto, dia e noite, e tudo porque quase não há atmosfera.

Continua após a publicidade

Vênus

Vênus é o mais denso dos planetas rochosos do sistema solar. De sua superfície o céu não seria apreciado e veríamos apenas as nuvens iluminadas. E de que cor veríamos essas nuvens? Levando em conta que Vênus reflete quase toda a luz que a atinge, as nuvens apareceriam brancas com uma leve tendência ao amarelo.

Marte

Marte tem uma atmosfera muito fina, mas já é capaz de espalhar a luz. E embora a maior parte de sua atmosfera seja composta por dióxido de carbono, são as partículas de óxido de ferro em suspensão que fazem com que os céus adquiram uma cor ocre clara a amarelada durante o dia marciano.

Contudo, a cor do céu de Marte pode variar significativamente. Ao pôr do sol, os tons que o planeta vermelho adquire tornam-se castanhos e violetas.

Saturno

Se estivéssemos na superfície do maior satélite de Saturno, veríamos o céu em uma cor laranja escuro em um tom muito próximo ao marrom, com a peculiaridade de que se subíssemos acima de sua superfície veríamos um céu mais azul a cada período.

Continua após a publicidade

Uma curiosidade extra é que Saturno é o único corpo do sistema solar próximo à Terra onde o arco-íris pode ser visto.

Júpiter

Assim como a Terra, Júpiter experimenta auroras perto de seus pólos norte e sul. Mas em Júpiter, a atividade auroral é muito mais intensa e raramente para.

A intensa radiação, o campo magnético de Júpiter e a abundância de material dos vulcões que reagem com a ionosfera de Júpiter criam um espetáculo de luzes verdadeiramente espetacular.

Assim, em Júpiter o ceú apresenta tons marrons e laranja distintos, graças aos gases que podem conter os elementos fósforo e enxofre e, possivelmente, substâncias químicas ainda mais complexas chamadas hidrocarbonetos.

Continua após a publicidade

Urano

A atmosfera de Urano também contém um pouco de amônia, o que torna o planeta um tom ligeiramente mais verde do que o azul profundo que vemos em Netuno.

Tal como acontece com a Terra, a atmosfera de Urano é dividida em camadas, dependendo da temperatura e da pressão. Como os outros gigantes gasosos, o planeta não tem uma superfície firme, e os cientistas definem a superfície como a região onde a pressão atmosférica excede 1 atm (a pressão encontrada na Terra ao nível do mar).

Netuno

Em grandes altitudes, a atmosfera de Netuno é composta por 80% de hidrogênio e 19% de hélio, com vestígios de metano. Tal como acontece com Urano, esta absorção da luz vermelha pelo metano atmosférico é parte do que dá a Netuno sua tonalidade azul.

Assim, o céu deste planeta apresenta uma cor azul mais escura e mais viva. Como o conteúdo de metano atmosférico de Netuno é semelhante ao de Urano, acredita-se que algum constituinte desconhecido contribua para a coloração mais intensa deste planeta.

Continua após a publicidade

Qual é a cor do céu na Lua?

Por fim, embora tenha uma atmosfera muito tênue, suas poucas partículas não são capazes de espalhar a luz, então o céu lunar pareceria preto. Ao contrário da Terra, o céu da Lua não brilha, e é por isso que as estrelas podem ser vistas mesmo durante o dia da Lua, desde que sua posição aparente no céu não seja próxima à do Sol, porque as ofuscaria.

Fontes: Super Abril, Uol, Ciência Hoje, CHC

Leia também:

Quais são os planetas mais perigosos do Universo?

Continua após a publicidade

Quantos planetas existem no Sistema Solar?

Planetas que brilham – Causas e diferenças para com as estrela

Nome dos planetas: quem escolheu cada um e seus significados

Planetas mais próximos do Sol: a que distância está cada um

Continua após a publicidade

Sistema Solar: quais são seus 8 planetas e como eles são?

Planeta Marshmallow: conheça esse curioso corpo celeste

Descubra qual é o lugar mais frio do Universo

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você